icons.title signature.placeholder Felipe Mendes, enviado especial*
20/07/2014
17:09

A Seleção Brasileira masculina de handebol escapou do grupo da morte no Mundial do Qatar, que será disputado entre 15 de janeiro e 1º de fevereiro de 2015. Na noite deste domingo, em Doha (QTA), foi realizado o sorteio da competição e o Brasil caiu no Grupo A, ao lado de Espanha, Eslovênia, Qatar, Bielorrússia e Chile. O chamado grupo da morte é o D, com Dinamarca, Polônia, Rússia, Argentina, Bahrein e Alemanha.

- Um dos objetivos do sorteio era não cair no grupo da Alemanha. Sabíamos que seria um grupo difícil. Vamos enfrentar a Espanha atual campeã do mundo, Eslovênia, que jogou a semifinal do Mundial, Qatar, equipe da casa e Bielorrússia, um time europeu com muitos jogadores bons. Mas é um grupo que dá para brigar. Nosso objetivo é o de passar paras as oitavas de final, como fizemos no último Mundial, na Espanha, em 2013 - afirmou o técnico da Seleção, o espanhol Jordi Ribera.

No sorteio, as equipes foram divididas em seis potes de acordo com as regras da Federação Internacional de Handebol (IHF). A retirada das bolinhas começou no pote seis e seguiu a ordem decrescente. O pote três, no entanto, ficou para o fim por conta da presença do Qatar. Por ser a sede do evento, o país pôde, segundo as regras da IHF, escolher o grupo em que pretendia jogar.

Assim, com cada um dos quatro grupos com cinco seleções, o Qatar teve cinco minutos para efetuar sua escolha. E o país acabou optando pelo grupo do Brasil.

- É normal o país-sede fazer essa escolha. Eu achava que iam escolher o nosso ou o B. São quatro vagas. Acho que nossa luta pela classificação será diretamente contra a Bielorrússia e o Qatar. Se tivermos um bom rendimento, como foi na Espanha, podemos brigar - analisou Ribera.

Os grupos:

A: Espanha, Eslovênia, Qatar, Bielorrússia, Brasil e Chile
B: Croácia, Bósnia Herzegovina, Macedônia, Áustria, Tunísia e Irã
C: França, Suécia, Argélia, República Tcheca, Egito e Emirados Árabes Unidos
D: Dinamarca, Polônia, Rússia, Argentina, Bahrein e Alemanha

Regulamento: as seleções se enfrentam dentro dos seus respectivos grupos. Classsificam-se para as oitavas de final as quatro melhores equipes de cada grupo. A partir daí, os jogos passam a ser eliminatórios até a final.

* O repórter viaja a convite do Comitê Organizador do Mundial Masculino de Handebol