icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
02/11/2014
16:54

O Brasil encerrou a primeira fase da Continental Cup sem conhecer derrota ou mesmo perder um set na Escola de Educação Física do Exército, na Urca, no Rio de Janeiro (RJ). Neste domingo, foram quatro vitórias no torneio masculino e outras quatro na competição feminina pela chave A do torneio pré-olímpico, todas sobre duplas da Guiana.

Com os resultados do dia, o Brasil soma 16 pontos em 16 possíveis, tanto no masculino quanto no feminino, e se classifica à fase final da competição, que será disputada em 2016.

O dia começou com jogos do torneio feminino. Paula Hoffmann e Thaís Belota (BRA2) venceram Tiffany Whittington e Alicia Davis (GUY1) por 2 sets a 0 (21/8, 21/7). O segundo duelo do dia foi a vitória de Roberta Glatt/Carolina (BRA1) sobre Samaro/Adams (GUY2) por 2 sets a 0 (21/3, 21/3). Na terceira rodada, triunfo de Paula Hoffmann/Thaís sobre Samaro/Adams, por 2 sets a 0 (21/6, 21/5). Por fim, Roberta Glatt e Carol venceram Tiffany Whittington e Alicia Davis (GUY1) por 2 sets a 0 (21/1, 21/4).

- Fiquei muito feliz em participar, muito importante poder defender a seleção. Foi o primeiro passo para a Olimpíada de 2016. Vamos pegando experiência, nos acostumando com competições assim. Conseguimos jogar bem e vencermos todos os nossos jogos, entramos com o pensamento que tínhamos que jogar bem, não importasse o adversário. Estamos nos preparando bastante para os próximos torneios - destacou Roberta Glatt.

A Guiana termina o torneio feminino na segunda colocação, com 10 pontos, e disputará o grupo F, em 2015. A chave reunirá todos os segundos colocados das demais chaves e o melhor terceiro colocado. Já a Guiana Francesa, terceira colocada com seis pontos, disputará o grupo E, também em 2015, com os outros terceiros dos demais grupos em busca da vaga na chave F.

O torneio masculino começou com a vitória de Álvaro Andrade/Léo Vieira (BRA2) por 2 sets a 0 (21/7, 21/9) sobre Creston Rodney/Ryan Munroe (GUY1). No segundo jogo, Vinícius Gomes/Ralph Cabral (BRA1) derrotaram Ian Bagot/Adriel Moore (GUY2) por 2 sets a 0 (21/1, 21/9). O terceiro jogo foi a vitória de Álvaro Andrade e Léo Vieira sobre Ian Bagot/Adriel Moore por 2 sets a 0 (21/6, 21/8). A última partida contou com triunfo de Vinícius e Ralph sobre Creston Rodney/Ryan Munroe por 2 sets a 0 (21/10, 21/9).

- Foi a realização de um sonho, nunca tinha defendido a seleção brasileira e estou muito feliz. Sempre quis representar meu país. No primeiro jogo até senti um pouco, mas depois fui me soltando. Nos preparamos de maneira muito intensa para chegar aqui e poder encarar qualquer adversário. A diferença é grande, eles estão começando a desenvolver o esporte agora, mas estabelecemos metas durante os jogos para cedermos o menor número de pontos - destacou Léo Vieira.

Com o resultado, o Brasil terminou em primeiro, com 16 pontos, com Guiana Francesa em segundo, com 12 pontos. A Guiana terminou na terceira colocação, com oito pontos.