icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
01/02/2015
22:54

A Seleção Brasileira sub-20 abusou das jogadas individuais e perdeu por 2 a 0 para a Argentina em jogo válido pela terceira rodada do hexagonal final do Campeonato Sul-Americano. Além do desempenho fraco da Seleção Canarinho, chamaram a atenção os insultos racistas vindo das arquibancadas de Montevidéu, com torcedores se referindo aos jogadores brasileiros como “macacos”.  

Sem movimentação, o Brasil nos primeiros 45 minutos de jogo diante da Argentina foi pouco incisivo. Contra uma marcação bem ajustada, o ataque brasileiro pouco conseguiu produzir. Foram apenas três finalizações ao gol defendido por Batalla, das quais duas foram de fora da área.
No entanto, pelo lado hermano, o que se viu foi muita velocidade nos contra-ataques e boas jogadas ofensivas. Foram cinco finalizações ao gol brasileiro, três delas de dentro da área tupiniquim. Ainda assim o placar seguiu em 0 a 0.

Na volta do intervalo a superioridade da Argentina se ratificou, e colocou na roda o individualismo brasileiro. Sem criatividade e com um time imóvel, o torcedor brasileiro certamente sofreu vendo a fraca atuação do Brasil diante do
seu maior rival. Não fosse a falta de pontaria de Simeone, que perdeu um gol na pequena área brasileira, o placar poderia ter sido ainda mais elástico para os hermanos. No fim, o 2 a 0, com gols de Maximiliano Rolón e Contreras, acabou sendo uma ducha de água fria para a equipe do técnico Alexandre Gallo, que cai para o quarto lugar, com quatro pontos. A Argentina lidera com sete. A Colômbia foi para cinco.

Colômbia vence

Depois de empates com Argentina e Paraguai, a Colômbia, finalmente desencantou no Hexagonal Final do Sul-Americano Sub-20. Neste domingo, no Parque Central, em Montevidéu, os Cafeteiros derrotaram o Peru por 3 a 1, de virada.

A vida dos colombianos não foi fácil às margens do Rio da Prata. Aos 23 minutos do primeiro tempo, Succar abriu o placar para o Peru. Mas a seleção do técnico Claudio Restrepo não se abateu e chegou ao empate, logo aos 25, com Lucumi. Antes do intervalo, Borre virou o placar.

No segundo tempo, a Colômbia se soltou de vez e definiu o importante triunfo. O gol, no entanto, saiu apenas no último minuto, novamente com Lucumi.

Uruguai e Paraguai fecharam a terceira rodada do Hexagonal Final do Sul-Americano. O jogo não havia terminado antes do fechamento desta edição do LANCE!.

Na quarta-feira, a Colômbia enfrenta o anfitrião Uruguai, em duelo que pode definir vaga para os Jogos Olímpicos de 2016 e para o Mundial da Nova Zelândia. No sábado, a seleção fecha a participação no Sul-Americano contra o Brasil.
A Colômbia busca o quarto título da competição. A seleção foi campeã em 1987, 2005 e 2013.