icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2013
15:05

O Brasil encerrou sua participação no Grand Prix de judô de Qingdao com duas medalhas. Gabriel Santos foi prata na categoria acima de 100kg e Rafael Buzacarini (até 100kg) ficou com a medalha de bronze no último dia do torneio.

Gabriel fez uma campanha ótima até a final da categoria, com vitórias sobre o chinês Shuo Wang, Po Yen Lee, de Taipei, e Jian Liu, outro chinês. Na final, caiu para Lei Zhang, por imobilização.

- Acho que fiz uma boa competição no início mas na final, realmente, não consegui encaixar meu jogo. Fiquei muito feliz com a minha primeira medalha internacional mas um pouco triste pela sensação de que poderia ter feito um pouco mais na decisão. Agradeço muito à CBJ pela oportunidade - comemorou.

Já Rafael, após cair na semifinal para o alemão Karl-Richard Frey por um wazari e um yuko, conseguiu uma vitória sobre o mongol Enkhbat Erdenebileg por wazari na luta pelo bronze.

- Eu tive uma experiência nova porque nunca tinha lutado contra chinês. Acho que consegui lutar bem e encaixei meu jogo contra os asiáticos. Na semifinal, mudei a estratégia que tinha usado na última luta com o alemão que também perdi mas, infelizmente, não deu certo. Tenho certeza que vou lutar com ele novamente, mais treinado e melhor fisicamente, e o resultado será diferente - disse Rafael.

Os próximos compromissos da Seleção Brasileira de judô, que foi com uma equipe jovem para Qingdao, serão o Grand Prix de Abu Dhabi nos dias 21 e 22 de novembro e o Grand Slam de Tóquio de 29 de novembro a 1º de dezembro.

O Brasil encerrou com sete medalhas em Qingdao. Foram cinco de bronze e duas de prata.