icons.title signature.placeholder Guilherme Cardoso
11/03/2014
01:50

O fim da disputa da natação e o ouro do campeão olímpico e mundial, Arthur Zanetti nas argolas, na ginástica artística. Dessa maneira ficou marcado o quarto dia de disputa dos Jogos Sul-Americanos do Chile para o Brasil nesta segunda-feira.

A delegação brasileira segue na liderança do quadro de medalhas, com 36 ouros, 18 pratas e 25 bronzes (79 no total). E grande parte das conquistas veio na natação.

Os atletas brasileiros dominaram a modalidade. Assim como já tinha acontecido em edições anteriores da competição. Em 2014, foram 18 primeiros lugares, seis segundos e 13 terceiros. Nenhum outro país chegou a incomodar.

Só nesta segunda-feira, a Seleção Brasileira levou seis ouros, três pratas e dois bronzes.

Se não bastasse, a ginástica artística também deu muitas láureas ao Brasil. Com uma nota maior do que no título mundial ano passado, Arthur Zanetti ficou com a primeira colocação nas argolas.

Jade Barbosa também se destacou ao levar o ouro no salto e a prata nas barras assimétricas. Foram ainda outra três medalhas para o país.

Confira as medalhas do Brasil no sábado nos Jogos Sul-Americanos:

- Ouro
Matheus Santana, nos 100m da natação
Thiago Pereira, nos 400m medley da natação
Graciele Herrmann, nos 50m livre da natação
Henrique Barbosa, nos 100m peito da natação
Revezamento 4x100m livre masculino da natação
Revezamento 4x100m medley feminino da natação
Jade Barbosa, na trave da ginástica artística
Arthur Zanetti, nas argonas da ginástica artística

- Prata
Etiene Medeiros, nos 100m costas da natação
Alessandra Marchioro, nos 50m livre da natação
Tales Cerdeira, nos 100m peito da natação
Jade Barbosa, nas barras assimétricas da ginástica artística
Péricles Silva, no cavalo com alça da ginástica artística
Pentatlo Moderno misto

- Bronze
Natalia de Luccas, nos 100m costas da natação
Thiago Teixeira, no 400m medley da natação
Francisco Barretto, no cavalo com alça da ginástica artística
Wellington Silva, na categoria 57kg da luta olímpica
Rafael Jesus, na categoria 74kg da luta olímpica
Adrian Jaoude, na categoria 86kg da luta olímpica

*O repórter viaja a convite do COB