icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/03/2014
16:36

Em vantagem na série melhor de três das quartas de final da Superliga Feminina, o Molico/Osasco prevê uma partida mais complicada contra o Brasília Vôlei no segundo desafio das quartas de final. As equipes se enfrentam nesta quinta-feira, às 18h30 (de Brasília), no Sesi Taguatinga. Uma vitória garante o time comandado por Luizomar de Moura na semi.

Além do fator torcida, o time candango pode ter um reforço importante, ao menos no banco de reservas. Depois de sofrer uma torção no tornozelo, Paula Pequeno espera ser relacionada. Por tudo isso, a líbero Camila Brait espera por um duelo diferente do primeiro, quando o Molico venceu por 3 sets a 1, em Osasco.

– Será um jogo mais complicado do que o primeiro. Agora elas contarão com a volta da Paula e terão a torcida como aliada, por isso, teremos que entrar em quadra forte psicologicamente e tentar fazer a nossa parte da melhor forma possível. A torcida do Brasília sempre ajuda bastante o time, portanto, temos que nos impor desde o início para não deixarmos elas gostarem do jogo. Com confiança, principalmente no saque, elas podem nos dificultar bastante. Temos que entrar concentradas e impedir que elas coloquem em prática a estratégia de jogo delas – disse Brait.

Invicto na competição, o Molico espera manter a agressividade que tem sido marca do elenco na temporada. A levantadora Fabíola diz que é importante não dar margem para crescimento do rival que, além de Paula, conta com nomes consagrados, como a ponteira Érika e a oposto Elisângela.

– Temos que entrar em quadra com muita concentração. Vamos jogar na casa delas. Precisamos atuar com agressividade do começo ao fim, já que jogar no ginásio do adversário é sempre mais difícil. A agressividade será um ponto fundamental nesta partida para evitarmos que elas cresçam no jogo e que a torcida se torne mais uma jogadora para elas – declarou Fabíola.

Se o Brasília vencer o jogo e igualar a série, haverá uma terceira partida no dia 3 de abril, às 18h30, em Osasco.