icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/07/2013
07:03

O gol marcado por Elias no último minuto do jogo contra o Flamengo irritou bastante os jogadores do Botafogo. Quando o árbitro Péricles Bassols informou que daria cinco minutos de acréscimo, o treinador do Alvinegro, Oswaldo de Oliveira, bravejou à beira do gramado.

– Ele está de sacanagem! Eu nunca vi isso, cinco minutos. É inédito no futebol brasileiro. Alguém avisa que ele não está certo – gritou o comandante.

Outro jogador que também fez questão de reclamar da postura do árbitro da partida foi Seedorf. O holandês, mesmo tendo levado em consideração que o Glorioso não fez uma boa partida, criticou o alto número de faltas: 43 ao todo.

E MAIS:
> No retorno ao Maracanã, Fla marca no fim e empata com o Botafogo
> Seedorf considera o empate contra o Flamengo justo
> Rafael Marques admite que gol do Bota foi ensaiado ao longo da semana

– Estou chateado tanto com o empate, mas também com a arbitragem que não nos ouviu em nenhuma oportunidade. Tem de ter diálogo com os jogadores também, oras. Ele apitou algumas faltas, eu quis saber o por quê, mas ele não quis explicar. Foi altamente autoritário durante o jogo. Mas isso também não é motivo, jogamos mal mesmo – afirmou o holandês.

Vale lembrar que o trio de arbitragem ainda anulou dois gols do Flamengo no segundo tempo, ambos marcados por Elias, um deles em posição duvidosa. No segundo tempo, o jogo ficou parado por cerca de três minutos em virtude de um atendimento ao goleiro Jefferson, que sofreu um corte na cabeça após choque com Adryan.

Na volta ao Maraca, Fla arranca empate contra o Botafogo

O gol marcado por Elias no último minuto do jogo contra o Flamengo irritou bastante os jogadores do Botafogo. Quando o árbitro Péricles Bassols informou que daria cinco minutos de acréscimo, o treinador do Alvinegro, Oswaldo de Oliveira, bravejou à beira do gramado.

– Ele está de sacanagem! Eu nunca vi isso, cinco minutos. É inédito no futebol brasileiro. Alguém avisa que ele não está certo – gritou o comandante.

Outro jogador que também fez questão de reclamar da postura do árbitro da partida foi Seedorf. O holandês, mesmo tendo levado em consideração que o Glorioso não fez uma boa partida, criticou o alto número de faltas: 43 ao todo.

E MAIS:
> No retorno ao Maracanã, Fla marca no fim e empata com o Botafogo
> Seedorf considera o empate contra o Flamengo justo
> Rafael Marques admite que gol do Bota foi ensaiado ao longo da semana

– Estou chateado tanto com o empate, mas também com a arbitragem que não nos ouviu em nenhuma oportunidade. Tem de ter diálogo com os jogadores também, oras. Ele apitou algumas faltas, eu quis saber o por quê, mas ele não quis explicar. Foi altamente autoritário durante o jogo. Mas isso também não é motivo, jogamos mal mesmo – afirmou o holandês.

Vale lembrar que o trio de arbitragem ainda anulou dois gols do Flamengo no segundo tempo, ambos marcados por Elias, um deles em posição duvidosa. No segundo tempo, o jogo ficou parado por cerca de três minutos em virtude de um atendimento ao goleiro Jefferson, que sofreu um corte na cabeça após choque com Adryan.

Na volta ao Maraca, Fla arranca empate contra o Botafogo