icons.title signature.placeholder Vinícius Perazzini e Walace Borges
icons.title signature.placeholder Vinícius Perazzini e Walace Borges
29/07/2013
20:41

O Botafogo está negociando para levar os jogos contra o Goiás, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Vasco, pelo returno, para o Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Na última semana, o Alvinegro procurou saber da disponibilidade de datas do estádio, mas ainda não acertou com o Governo do Distrito Federal.

O duelo contra o Esmeraldino será realizado no próximo dia 10 de agosto, enquanto os clássicos cariocas serão disputados apenas em outubro. Pelo que foi conversado entre o clube e o governo candango, o Alvinegro terá direito a toda a renda das bilheterias, pagando apenas as taxas referentes ao borderô da CBF.

Procurado pela reportagem do LANCE!Net, o Botafogo afirmou que as negociações com o Mané Garrincha estão em andamento, mas ainda não foram concluídas. A versão é a mesma apresentada pela assessoria do Governo do Distrito Federal.

A medida de levar jogos para fora do estado se deu após o fechamento do Engenhão. Em grave crise financeira, o Glorioso acredita que essa pode ser uma boa fonte de renda para o clube.

O Botafogo está negociando para levar os jogos contra o Goiás, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, Flamengo e Vasco, pelo returno, para o Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Na última semana, o Alvinegro procurou saber da disponibilidade de datas do estádio, mas ainda não acertou com o Governo do Distrito Federal.

O duelo contra o Esmeraldino será realizado no próximo dia 10 de agosto, enquanto os clássicos cariocas serão disputados apenas em outubro. Pelo que foi conversado entre o clube e o governo candango, o Alvinegro terá direito a toda a renda das bilheterias, pagando apenas as taxas referentes ao borderô da CBF.

Procurado pela reportagem do LANCE!Net, o Botafogo afirmou que as negociações com o Mané Garrincha estão em andamento, mas ainda não foram concluídas. A versão é a mesma apresentada pela assessoria do Governo do Distrito Federal.

A medida de levar jogos para fora do estado se deu após o fechamento do Engenhão. Em grave crise financeira, o Glorioso acredita que essa pode ser uma boa fonte de renda para o clube.