icons.title signature.placeholder Paulo Victor Reis
21/02/2015
09:05

Vencer é bom, mas golear é ainda melhor, é claro. Vice-líder do Campeonato Carioca – empatado em número de pontos com o Flamengo: 13 –, o Botafogo recebe o Nova Iguaçu, neste sábado, às 17h, no Estádio Nilton Santos. E tem uma ótima oportunidade, além de bons motivos, para conquistar uma elástica vitória.

Enquanto o adversário conquistou apenas um ponto e tem a defesa mais vazada da competição (12 gols sofridos), o Glorioso está embalado, fez dez tentos nos últimos três jogos. Para melhorar, o Alvinegro tem ainda mais um motivo para vencer por uma boa diferença de gols: a disputa pela liderança.

O Flamengo, primeiro colocado, tem o mesmo saldo de gols do Glorioso, porém um gol a mais – 14 contra 13. Se as duas equipes vencerem novamente na rodada, o critério de desempate, outra vez, será o número de gols. Ou seja, é importante vencer bem. Quem terminar a primeira fase do Estadual no topo da tabela será declarado campeão da Taça Guanabara.

Apesar de ter bons motivos para vencer por um placar elástico, o discurso no Botafogo é de muita humildade. O volante Willian Arão, por exemplo, diz que o time não entra em campo pensando em aplicar uma goleada.

– Não dá para pensar em ganhar de 5 ou de 7. Acho que temos de pensar jogo a jogo. Você faz o primeiro gol, depois o segundo. Não pensamos em liderança. Temos que sempre buscar fazer o nosso melhor papel, o restante é consequência – garantiu o cabeça de área.

Esta será a segunda partida oficial do Glorioso no Niltão, neste ano. Na reabertura oficial do estádio, o Botafogo goleou o Bonsucesso por 4 a 0. Será que repete a dose?

NOVA IGUAÇU SÓ CONQUISTOU UM PONTO NO CARIOCA

O Nova Iguaçu faz uma campanha ruim no Campeonato Carioca e ainda está em busca da primeira vitória na competição. A Laranja Mecânica da Baixada Fluminense tem apenas um ponto e quatro derrotas em cinco jogos.

Para fugir da zona de rebaixamento, o Nova Iguaçu precisa de pelo menos um empate e ainda terá de torcer para que Barra Mansa ou Bonsucesso não pontuem.

Um fato curioso é que apesar de estar na penúltima colocação do Carioca, o Nova Iguaçu já marcou seis gols na competição. O que pesa contra o time da Baixada é a defesa, que já foi vazada 12 vezes.

Para esta partida, o técnico Eduardo Àllax não poderá contar com o lateral-direito Yan, que foi expulso na última rodada. Cesinha deve ser o substituto dele.

A grande atração do time da Baixada nesta rodada é o centésimo jogo do meia Dieguinho. Desde os 13 anos no clube, ele vai atuar com o número 100 nas costas.