icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
29/08/2015
10:24

Usain Bolt brilhou mais uma vez no Campeonato Mundial de Atletismo que está sendo realizado em Pequim, na China. Na manhã deste sábado, no Estádio Ninho do Pássaro, Bolt fechou o revezamento 4x100m e levou a Jamaica a medalha de ouro. Os jamaicanos marcaram o tempo de 37s36. Esta foi a 13ª medalha de ouro de Bolt em Mundiais. O atleta tem ainda onze títulos, sendo quatro dos 200m, quatro do 4x100m e três dos 100m rasos. Ele tem também outras duas medalhas de prata.

O time dos Estados Unidos fazia boa prova, com chances até de disputar o ouro com a Jamaica, porém, Tyson Gay e Rodgers se atrapalharam na passagem do bastão e a equipe foi desclassificada da disputa.

Com a eliminação dos EUA, a China, que chegara em terceiro, conquistou a medalha de prata. O Canadá, com o tempo de 38s13, ficou com bronze. O time do Brasil não conseguiu classificação para a final.

JAMAICA TAMBÉM BRILHA NO FEMININO

Antes da disputa masculina, o time feminino da Jamaica mostrou sua supremacia na categoria e também conquistou o ouro nos 4x100m. As jamaicanas Veronica Campbell, Natasha Morrison, Elaine Thompson e Shelly-Ann Fraser fizeram o tempo de 41s07, recorde do campeonato.

FARAH É OURO NOS 5000M

Na prova dos 5000m, também na manhã deste sábado, Mo Farah conquistou a medalha de ouro, com o tempo de 13m50s38, se tornando tricampeão mundial da prova. Farah, que é nascido na Somália, mas naturalizado britânico, já havia vencido os 10.000m. O queniano Caleb Ndiku, com 13m51s75, ficou com a prata. Hagos Gabrhiwet, da Etiópia, conquistou o bronze. 

Nos 800m, Marina Arzamasova, de Belarus, ficou com a medalha de ouro. Melissa Bishop, do Canadá, foi medalha de prata, e Eunice Sum, do Quênia, bronze.

Usain Bolt brilhou mais uma vez no Campeonato Mundial de Atletismo que está sendo realizado em Pequim, na China. Na manhã deste sábado, no Estádio Ninho do Pássaro, Bolt fechou o revezamento 4x100m e levou a Jamaica a medalha de ouro. Os jamaicanos marcaram o tempo de 37s36. Esta foi a 13ª medalha de ouro de Bolt em Mundiais. O atleta tem ainda onze títulos, sendo quatro dos 200m, quatro do 4x100m e três dos 100m rasos. Ele tem também outras duas medalhas de prata.

O time dos Estados Unidos fazia boa prova, com chances até de disputar o ouro com a Jamaica, porém, Tyson Gay e Rodgers se atrapalharam na passagem do bastão e a equipe foi desclassificada da disputa.

Com a eliminação dos EUA, a China, que chegara em terceiro, conquistou a medalha de prata. O Canadá, com o tempo de 38s13, ficou com bronze. O time do Brasil não conseguiu classificação para a final.

JAMAICA TAMBÉM BRILHA NO FEMININO

Antes da disputa masculina, o time feminino da Jamaica mostrou sua supremacia na categoria e também conquistou o ouro nos 4x100m. As jamaicanas Veronica Campbell, Natasha Morrison, Elaine Thompson e Shelly-Ann Fraser fizeram o tempo de 41s07, recorde do campeonato.

FARAH É OURO NOS 5000M

Na prova dos 5000m, também na manhã deste sábado, Mo Farah conquistou a medalha de ouro, com o tempo de 13m50s38, se tornando tricampeão mundial da prova. Farah, que é nascido na Somália, mas naturalizado britânico, já havia vencido os 10.000m. O queniano Caleb Ndiku, com 13m51s75, ficou com a prata. Hagos Gabrhiwet, da Etiópia, conquistou o bronze. 

Nos 800m, Marina Arzamasova, de Belarus, ficou com a medalha de ouro. Melissa Bishop, do Canadá, foi medalha de prata, e Eunice Sum, do Quênia, bronze.