icons.title signature.placeholder Alexandre Braz
23/07/2014
20:50

Na opinião do argentino Bolatti, a crise que o Flamengo atravessa poderá funcionar como motivação para os rubro-negros para o clássico de domingo, contra o Botafogo. Autor do gol da vitória contra o Coritiba na última rodada do Campeonato Brasileiro, o volante quer os alvinegros atentos para não serem surpreendidos pelos rivais. Segundo ele, a fase ruim do adversário não pode ser vista como um facilitador para os alvinegros.

- É difícil falar da situação vivida por outro clube, mas já passei por situações parecidas. Quando um time atravessa uma fase assim, a motivação aumenta porque tem que conseguir se virar. O grupo se concentra mais na saída (do técnico), ainda mais quando tem um clássico pela frente. Um clássico é diferente e temos que nos preparar de forma diferente. Por isso, ninguém acha que vai ser um jogo fácil - afirmou Bolatti, em entrevista coletiva, concedida nesta quarta-feira, no Engenhão, argumentando ainda que o Botafogo deve pensar apenas na sua preparação para o clássico:

- Não temos de pensar deste jeito (na crise do Flamengo). Temos que pensar em nós mesmos e no que podemos fazer. Sabemos que vamos enfrentar um grande time e isso não tem nada a ver com o que estão jogando.

Desde que Vagner Mancini assumiu o Botafogo, em abril, Bolatti se firmou definitivamente como titular do time. Depois de tempos difíceis no Internacional, onde ficou muito tempo na reserva, o argentino comemora a boa fase no Rio de Janeiro. Segundo ele, apesar de estar bem individualmente, a equipe alvinegra ainda precisa evoluir.

- Eu buscava isso. Qualquer jogador tem que ter sequência para ter ritmo, o que te faz sentir mais tranquilo, te dá mais confiança. Passo um momento bom, mas o time tem que conseguir regularidade - disse.

Botafogo e Flamengo se enfrentam domingo, às 18h30, no Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 12 pontos ganhos, os alvinegros ocupam a 13ª colocação na tabela de classificação da competição.