icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2014
13:53

O tiki-taka, troca de passes incessante protagonizada pelo Barcelona e pela seleção espanhola, encontrou admiradores e críticos no período de auge dos times. Um dos desiludidos com o estilo é o ex-jogador e ídolo inglês Sir. Bobby Charlton, campeão do mundo em 1966.

- Graças a Deus, o tiki-taka passou de moda - iniciou, em entrevista ao jornal "Daily Mail".

Para o mito do Manchester, o número alto de troca de passes não tem mais espaço no futebol.

- Os estilos têm ciclos. O próprio Pep Guardiola está a afastando o Bayern de Munique desse estilo que tinha no Barcelona - completou Bobby Charlton.