icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/03/2014
15:46

Júlio Baptista atingiu a maior sequência de jogos pelo Cruzeiro nesse domingo, no jogo diante do Boa Esporte, pela semifinal do Campeonato Mineiro. A série mais extensa coincide justamente com o melhor momento do camisa 10. Nos três embates como titular, ele marcou três vezes e detém média de um gol por partida.

A boa fase do meia-atacante, improvisado como centroavante nos compromissos da Raposa, lhe rende elogios de Marcelo Oliveira. O treinador crê que ‘La Bestia’ se destaca antes mesmo da sequência na equipe.

– A questão do Júlio (Baptista) é que ele já vinha jogando bem quando se machucou. Ele fez uma boa partida contra o América e tinha atuado em outro jogo mais adiantado. Nesta posição, ele usa a experiência e o corpo muito bem – disse o treinador, que ainda completou:

– Naquele jogo do Uruguai, ele queria ir, mas era um tempo curto de treinamento. Ele, agora, está bem. Os gols dão mais confiança ainda. É importante ter atletas experientes e que saibam usar isso como um ponto positivo.

Antes de ser titular nos jogos contra Tombense, Defensor Sporting (URU) e Boa Esporte, respectivamente, o meia-atacante fez apenas duas partidas consecutivas como titular. Ele atuou diante de Vasco e Bahia, na edição passada do Campeonato Brasileiro.