icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/03/2014
06:35

Com a marca de 100 dias para a Copa do Mundo de 2014 sendo alcançada nesta terça-feira, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, fez uma análise do que significa chegar a esse ponto da preparação para o Mundial. Blatter se diz tranquilo e confiante no sucesso do evento, que começa em 12 de junho.

- Ficar a 100 dias é um caminho curto se ainda existem problemas, mas agora todos os problemas estão sob controle e assim estarão em 100 dias. Será um excepcional início para uma excepcional competição: a Copa do Mundo da Fifa no Brasil, o país do futebol. Ele vai receber essa competição de braços abertos e de todo o coração. Chegar a 100 dias da Copa nos dá alegria pela expectativa e nos dá também a possibilidade de fazer algumas pequenas correções. Mas o dia 12 de junho será um fogo do futebol - afirmou o mandatário do futebol mundial, via assessoria.

Na visão de Blatter, a Copa-2014 tem de peculiar a chance que o Brasil ganha de, enfim, levantar uma taça em casa.

- O futebol foi inventado pelos britânicos, mas eu tenho que dizer que a habilidade do futebol, o nascimento, é do Brasil. O espírito brasileiro do jogo e a habilidade para jogar futebol faz essa Copa ser muito especial, também porque a última Copa no Brasil foi em 1950 e o Brasil perdeu a final no Marcanã. Todo mundo está esperando que o Brasil traga para casa essa Copa. Tenho certeza que será um grande sucesso - completou, ressaltando o apoio que a Seleção Brasileira terá:

- Os torcedores sempre apoiam o time. Desde o começo eles esperam que o Brasil fique até o fim. Existe alguns times que eles querem evitar para que o Brasil chegue à final. Por isso será uma competição de alto nível. Com um espírito de combate, mas com fair play, disciplina e respeito.