icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/03/2014
01:44

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, avisou nesta quinta-feira, em discurso no Congresso da Uefa, que o impasse a respeito da preparação da Arena Corinthians, estádio de São Paulo para a Copa-2014, está resolvido.

- Só por informação, o problema no estádio de São Paulo está resolvido e poderemos ter a partida de abertura entre Brasil e Croácia - afirmou Blatter.

A preocupação da Fifa era sobre as estruturas temporárias, pois o Corinthians bateu o pé e disse que não iria pagar cerca de R$ 60 milhões estimados para deixar o estádio em condições para receber os ajustes necessários para a tecnologia da informação e transmissão televisiva, por exemplo.

A tentativa de resolução do impasse foi um dos motivos que fizeram com que o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke viesse ao Brasil. Ele está no país desde segunda-feira e teve reuniões com autoridades brasileiras, inclusive com Andrés Sanchez, responsável pelo estádio da abertura do Mundial.

A Fifa e o COL concederão coletiva nesta quinta, no Maracanã, na qual darão mais detalhes sobre a situação em São Paulo e em outras sedes com pendências para a Copa.

A declaração de Blatter sobre a Arena Corinthians veio a reboque de uma crítica à influência política no futebol. Ele citou as manifestações ocorridas no Brasil durante a Copa das Confederações.

- Estamos muito preocupados sobre o que acontece hoje no mundo. Na Copa das Confederações, no Brasil, o futebol foi vítima das manifestações. Esperamos que elas não sejam repetidas - disse o mandatário.