icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2013
09:42

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, anunciou neste sábado que a próxima edição da Bola de Ouro, a ser entregue em 13 de janeiro, terá cinco finalistas e não mais apenas três, como foi até este ano. A novidade aumenta a possibilidade de Neymar estar na final do prêmio. Os cinco nomes escolhidos dentre os 23 pré-candidatos (do qual fazem parte Neymar e Thiago Silva) serão conhecidos no dia 9 de dezembro.

Blatter não explicou as razões que motivaram a mudança, mas a imprensa europeia trabalha com a possibilidade de que a medida foi tomada para tornar a cerimônia mais interessante e atraente, sob o ponto de vista comercial.

O presidente da Fifa aproveitou o anúncio para negar que tenha algum problema com Cristiano Ronaldo, um dos candidatos favoritos ao prêmio. Blatter causou polêmica ao dar declarações em que comparava o atacante do Real Madrid ao argentino Lionel Messi.

E MAIS:
Ronaldo Fenômeno aposta em mais uma vitória de Messi na Bola de Ouro
Disputa da Bola de Ouro está entre Messi e Cristiano 'Leonardo', diz Pelé