icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
12:17

Ser lutador de MMA não é tarefa simples. Mais do que levar socos e chutes, os atletas que embarcam nesta sofrem com a falta de apoio financeiro. Este é caso de Hugo Bilac, peso-meio-médio (até 77kg) da equipe Júnior Lity, que faz, neste sábado, a luta principal do Coliseu FC, em Irajá, no Rio de Janeiro. Seu adversário é o ex-campeão do Favela Kombat Rodivan "Gato Guerreiro", da equipe Gladiadores.

Aos 31 anos, Bilac estreou no MMA em 2007, e, após duas vitórias, interrompeu a sua caminhada para cuidar da família. O sonho de brilhar nos ringues, porém, permanecia vivo e o retorno triunfal aconteceria em abril deste ano, no evento de Will Ribeiro, Lutando Pela Paz. Alguns meses depois, o invicto lutador está a uma vitória de disputar o seu primeiro cinturão.

- Fiquei muito tempo parado, até que pintou esse convite de lutar no evento do Will (Ribeiro). Graças a Deus me saí muito bem e hoje estou a uma vitória de disputar esse título do Coliseu. Estou em um momento especial, acredito mais em mim do que nunca e sinto que posso chegar longe no MMA - revela Bilac, através de assessoria de imprensa.

Para o duelo deste sábado, o lutador do Rio de Janeiro apostou muito no condicionamento físico. Ele revela que deu ênfase aos treinamentos aeróbicos, com a estratégia de se movimentar durante os três rounds.

- Minha preparação foi voltada para o lado físico e para aprimiração das técnicas em pé. Estou me sentindo muito bem, rápido também. Sei que ele é um striker, então vai ser muito importante eu estar me movimentando o tempo inteiro. Estou no peso e pronto para lutar em alto nível todos os rounds - garante o lutador da equipe Júnior Lity.

Os treinamentos de Bilac foram realizados na Esporte Saúde, sede da equipe Júnior Lity, e na Thai Team. Especialista no muay thai, o atleta recebeu os últimos ajustes na arte suave com o mestre Júnior Lity, faixa preta da Nova União. O professor e técnico garante que o pupilo está preparado caso o combate vá para o chão.

- Ele (Hugo Bilac) está muito bem preparado para essa luta. A parte de trocação dele é muito forte e todos nós sabemos. Então, nessa última semana fizemos apenas alguns ajustes na parte de chão dele - explica Lity.