icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/12/2013
19:22

Um dos jogadores do Botafogo com mais experiência em Libertadores é o zagueiro Bolívar. O atleta disputou três edições e venceu duas, ambas com o Internacional. E uma das campanhas ainda está marcada na memória do defensor, que serve como inspiração para repetir o feito pelo Botafogo, no próximo ano.

- Das três edições que joguei, teve uma que marcou muito. Aa quartas-de-final contra o Estudiantes, em 2010 na Argentina. Precisávamos de um gol e perdíamos o jogo por 2 a 0. Se perdêssemos por 2 a 1, a vaga era nossa (Internacional). E fizemos um gol, aos 44 do segundo tempo. Esse foi um dos jogos que me marcou. Em um ou dois minutos tudo podia ir por água abaixo e fizemos um gol que nos colocou na semifinal da Libertadores - disse Bolívar, com exclusividade ao LANCE!Net lembrando o gol do meia Giuliano, em Quilmes (ARG).

Bolívar era o capitão do Internacional na edição de 2010 da Libertadores, quando o Colorado conquistou o bicampeonato da competição. O zagueiro, inclusive, marcou um dos gols no primeiro jogo da final, na vitória por 2 a 1. Antes disso, o clube gaúcho havia vencido a Libertdadores de 2006. Também pelo Internacional, Bolívar ainda participou do torneio em 2011.

Além de Bolívar, o meia Jorge Wagner é outro que já venceu a competição sul-americana, em 2006, pelo prórpio Colorado.