icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2013
12:30

O administrador delegado e vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, vai continuar ocupando seus cargos no Rossonero. A garantia foi dada neste sábado por Silvio Berlusconi, presidente do clube, que afirmou que as coisas estão mais calmas depois de uma reunião com o dirigente.

- Galliani continuará em seu cargo. O Milan vai seguir em frente com calma. Galliani está mais tranquilo agora, todos continuarão em suas posições, e o Milan vai prosseguir com união – afirmou Berlusconi, em entrevista à agência de notícias Ansa.

Leia mais:

Adriano Galliani resolve pedir demissão do Milan
Paolo Maldini é apontado como sucessor de Galliani no Milan

Porém, o jornal La Gazetta dello Sport diz que Galliani segue com a vontade de deixar o Milan e apenas adiou a decisão para o fim dezembro. O dirigente tinha anunciado que ia sair do Rossonero após aumento das divergências com Barbara Berlusconi, filha do dono do clube, Silvio Berlusconi.

Caso Galliani deixe o clube, o mais cotado para assumir o seu posto é o ex-jogador Paolo Maldini, preferido de Barbara Berlusconi, que como atleta passou a carreira toda no Rossonero, defendendo as cores do clube de 1985 a 2009.