icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
10:40

O dono do Milan, Silvio Berlusconi, qualificou como "brincadeira" as informações divulgadas na imprensa italiana sobre a compra das ações do clube pelo magnata Peter Lim. O empresário italiano voltou a dizer que o Milan não está a venda.

- O Milan não está a venda, nem por 500 milhões, nem por 510. Vale muito mais do que isso. Não vamos fazer brincadeira com isso, certas coisas são sagradas - disse Berlusconi durante um programa de TV na Itália.

O diário "La Gazzetta dello Sport" publicou nesta quinta-feira que Peter Lim, um magnata de Cingapura, faria uma oferta de 500 milhões de euros (R$ 1,5 bilhão) para comprar 70% das ações do clube. A companhia Fininvest, braço financeiro do conglomerado de Berlusconi, lançou um comunicado assegurando que não há nenhuma possibilidade de haver uma transferência no controle do Milan.