icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2013
20:18

Em um clássico emocionante, o Benfica venceu neste sábado o Sporting por 4 a 3 no Estádio da Luz, em Lisboa. O resultado classificou a equipe Encarnada para as oitavas de final da Taça de Portugal. A vitória benfiquista só foi alcançada na prorrogação, em uma falha incrível do goleiro Rui Patrício no lance do gol do zagueiro brasileiro Luisão.

Além de Luisão, os grandes destaques do jogo foram o paraguaio Cardozo, autor dos outros três gols do Benfica, e o argelino Slimani, que fez o terceiro gol do Sporting já nos acréscimos do segundo tempo. Os demais tentos dos Leões foram marcados por Capel e Maurício.

O primeiro tempo do clássico foi todo benfiquista. O clube da Luz saiu na frente aos 12 minutos, em cobrança de falta. Cardozo bateu rasteiro, a bola passou pelo meio da berreira e enganou o goleiro Rui Patrício.

A reação do Sporting veio aos 38 minutos. Capel completou de primeira o cruzamento de Wilson. No entanto, o Benfica deslanchou nos cinco minutos antes do intervalo.

Aos 42 minutos Gaitán cruzou para Cardozo, de cabeça, recolocar os donos da casa na frente. Pouco antes do fim do primeiro tempo, Ruben Amorim cruzou rasteiro e o paraguaio marcou o terceiro.

O Sporting jogou melhor o segundo tempo e descontou aos 17 minutos. Maurício marcou de cabeça, completando escanteio de André Martins. Os Leões estavam vivos no clássico.

Nos minutos finais de jogo o Benfica ainda teve a chance de ampliar. Primeiro foi Markovic que acertou a trave de Rui Patrício, e depois Cardozo perdeu a chance de fazer o seu quarto gol no jogo. Gaitán cruzou da esquerda e o paraguaio arrematou para grande defesa do goleiro dos Leões.

Mas o ditado de "quem não faz, leva" parece ser universal no futebol. Já nos acréscimos, o atacante argelino Slimani fuzilou Artur após falta cobrada por Adrien.

O torcedor do Sporting não contava porém com a incrível falha do goleiro Rui Patrício. Aos oito minutos do primeiro tempo da prorrogação, o Benfica teve um lateral a seu favor. A bola pingou na área sportinguista e Luisão, caído, conseguiu tocar para o gol. Rui Patrício, com a bola praticamente em suas mãos, a deixou passar por entre as pernas.

A falha de Rui Patrício:

O outro grande do futebol português, o Porto, entra em campo neste domingo pela Taça de Portugal. Enfrentará o Vitória de Guimarães, às 17h30 (de Brasília), em Guimarães.