icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
17:50

Antes de fazer sua estreia no ATP 250 de Kitzbuhel, na Áustria, o brasileiro Thomaz Bellucci participou neste domingo de um evento radical oferecido pela organização do torneio. Ele e outros tenistas voaram de paragliding, também conhecido como parapente.

- Foi uma aventura e tanto, principalmente para mim que tenho medo de altura. A princípio fiquei meio tenso, mas depois curti. A sensação lá em cima é muito legal e a vista maravilhosa. O evento foi a cinco minutos do clube. Subimos de teleférico e descemos de paragliding. Valeu a pena - disse o paulista.

Atual número 113 do ranking mundial, Bellucci vai estrear no torneio austríaco na próxima terça-feira, contra o espanhol Guillermo Garcia-Lopez (78º). O brasileiro não jogará o torneio de duplas.

Após retornar de lesão no abdômen, que o deixou fora dos Grand Slams de Roland Garros e Wimbledon, o brasileiro despencou no ranking com desempenhos ruins em torneios individuais. Nas duplas, porém, ele faturou o título do ATP 250 de Stuttgart, ao lado do argentido Facundo Bagnis.

Antes de fazer sua estreia no ATP 250 de Kitzbuhel, na Áustria, o brasileiro Thomaz Bellucci participou neste domingo de um evento radical oferecido pela organização do torneio. Ele e outros tenistas voaram de paragliding, também conhecido como parapente.

- Foi uma aventura e tanto, principalmente para mim que tenho medo de altura. A princípio fiquei meio tenso, mas depois curti. A sensação lá em cima é muito legal e a vista maravilhosa. O evento foi a cinco minutos do clube. Subimos de teleférico e descemos de paragliding. Valeu a pena - disse o paulista.

Atual número 113 do ranking mundial, Bellucci vai estrear no torneio austríaco na próxima terça-feira, contra o espanhol Guillermo Garcia-Lopez (78º). O brasileiro não jogará o torneio de duplas.

Após retornar de lesão no abdômen, que o deixou fora dos Grand Slams de Roland Garros e Wimbledon, o brasileiro despencou no ranking com desempenhos ruins em torneios individuais. Nas duplas, porém, ele faturou o título do ATP 250 de Stuttgart, ao lado do argentido Facundo Bagnis.