icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
04/02/2015
11:52

Após derrotar o equatoriano Giovanni Lapentti, atual 307 do mundo e de 32 anos, Thomaz Bellucci, 72º colocado e sexto favorito, se mostrou aliviado com a estreia vitoriosa, mesmo no sufoco com 6/3 6/7 (7/4) 6/2 após 2h24min no ATP de Quito, no Equador.

"O ranking dele (Giovanni) não representa o tipo de jogador que ele é. Ele é perigoso, pega firme, ainda mais aqui. O ranking nem sempre fala muito", disse o brasileiro em bate-papo com a TV local ainda em quadra sobre o jogador que já figurou entre os 110 melhores: ""Vi que seria um jogo complicado, quando olhei o sorteio e que enfrentaria ele aqui na altitude. Precisaria do meu melhor tênis".

"O importante é vencer, para ganhar confiança. Foi duro, mas o importante é ganhar. Agora vou repor as energias para ir melhor amanhã (hoje)", destacou o número 1 do Brasil que enfrenta pela primeira vez o argentino Horacio Zeballos, 124º colocado: "Não me lembro se joguei com ele (Zeballos). Ele saca bem, gosta de volear, é muito perigoso. Para vencê-lo preciso jogar melhor que hoje".

O duelo das oitavas de final ocorre por volta das 18h no terceiro jogo da quadra central.