icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
26/02/2015
23:37

O Bauru está impossível na temporada 2014/2015 do NBB. Nesta quinta-feira, a equipe do técnico Guerrinha viveu mais uma grande noite e conquistou sua 18ª vitória consecutiva ao superar o Uberlândia, com ampla tranquilidade, diante de seu torcedor, no Ginásio Panela de Pressão, pelo placar de 87 a 64.

A vitória não só ampliou a sequência de resultados positivos dos bauruenses no campeonato como também serviu para quebrar um tabu de quatro temporadas sem vencer o Uberlândia como mandante na história do NBB. Antes deste, o último e único triunfo do Bauru sobre os mineiros diante de sua torcida havia sido no NBB 3.

Para sair de quadra vencedor, o Bauru apresentou um ritmo de jogo alucinante e dominou amplamente os três primeiros quartos, cada um deles por aproximadamente dez pontos de diferença. Desta forma, os comandados do técnico Guerrinha puderam atuar com mais tranquilidade na parcial final e só administrar sua imponente vitória.

Os destaques individuais ficaram por conta do ala Gui Deodato, que saiu do banco e foi o cestinha do duelo, com 23 pontos, sendo 15 deles no segundo quarto e oito no terceiro, e do pivô Rafael Hettshemeir, responsável por 21 pontos, sendo 16 deles somente no primeiro período de partida, além do pivô Murilo Becker, com 11 pontos e sete rebotes.

Com o resultado, o Bauru permaneceu firme e forte na liderança da temporada 2014/2015 do NBB, agora com campanha de 21 vitórias nas 21 partidas que disputou (91,3% de aproveitamento), com certa folga do vice-líder Limeira, que possui duas derrotas a mais do que os bauruenses e entrará em quadra nesta sexta-feira, diante do Basquete Cearense.

Já o Uberlândia, que com a derrota perdeu a chance de ultrapassar o Basquete Cearense e agora segue na 14ª posição, seguido de perto pelo vice-lanterna Rio Claro e agora possui campanha de sete triunfos em 25 jogos (28% de aproveitamento). Os maiores pontuadores do time mineiro foram os alas Audrei e Taboada, com 17 e 13 pontos, respectivamente.

Depois de conhecer sua 18ª vitória consecutiva no NBB, o Bauru agora se prepara para enfrentar o Minas Tênis Clube, no sábado (28/02), novamente no Ginásio Panela de Pressão, no interior paulista, às 17 horas (de Brasília). Já o time mineiro entrará em quadra somente no dia 13 de março, também diante do Minas, em casa, às 20 horas.

IMPOSSÍVEL, BAURU VENCE MAIS UMA

Com muita velocidade em seu jogo de transição e aproveitando as precipitações do adversário, o Bauru começou a partida com tudo e abriu logo 10 a 2. Depois da sequência inicial, os donos da casa não tiraram o pé do acelerador e seguiram ampliando sua vantagem. Com incríveis 16 pontos em 17 tentados, de Hetthseimeir, os paulistas chegaram a abrir 14 tentos de frente (21 a 7) e fecharam a etapa final com 12 de vantagem: 26 a 14.

Os bauruenses continuaram arrasadores e não pararam de estender sua vantagem, que na metade do segundo período, foi de 20 pontos (38 a 18). Se o primeiro quarto teve Hettsheimeir como destaque, a parcial foi de Gui Deodato, que anotou 15 pontos e liderou os líderes do NBB em quadra e os ajudou a ir para os vestiários com 23 pontos na frente, com placar de 49 a 26.

A ida para o intervalo não reduziu em nada o ritmo do Bauru, muito pelo contrário, recarregou ainda mais as baterias da equipe, que iniciou o terceiro quarto com uma sequência de 15 a 3 e colocou 35 de frente (64 a 29). A diferença seguiu na casa dos 30 pontos durante todo o período e, mesmo com boa parte de sua garotada em quadra, o time da Cidade Sem Limites foi para o último quarto com 32 tentos de vantagem: 78 a 46.

No último quarto, ainda com a maioria de seus jogadores mais jovens, o Bauru reduziu um pouco o ritmo e permitiu que o Uberlândia crescesse pela primeira vez na partida. Desta forma, os mineiros venceram a parcial final, por 18 a 9, e reduziram o prejuízo para 23 pontos, mas nada que diminuísse o brilho da grande vitória bauruense, pelo placar de 87 a 64.