icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
08/02/2015
18:32

O Circuito Stock Car vai repetir a corrida de duplas em sua primeira prova do ano, no dia 22 de março, no Autódromo de Goiânia: os 34 pilotos do grid vão convidar pilotos de outras categorias . E o atual campeão Rubens Barrichello surpreendeu: convidou simplesmente o multicampeão Ingo Hoffmann, recordista de títulos da categoria – com 12 conquistas e que estava aposentado.

- Primeiramente, quero agradecer o convite que o Rubinho me fez. Fiquei contente e, ao mesmo tempo, é uma responsabilidade muito grande para mim, pois vou correr ao lado de um cara que acabou se tornando um ídolo para mim. Quando me aposentei no final de 2008, muitas vezes fui questionado se não voltaria a correr, e sempre disse que não, e tinha isso bem resolvido na minha cabeça. No entanto, um convite desse realmente é irrecusável. Cheguei a comentar com o Rubinho que não piloto um Stock desde 2008, e que talvez meu ritmo não seja o ideal, mas seguindo as palavras dele: Vamos nos divertir!. Eu pretendo me divertir bastante, mas logicamente visando um resultado positivo, de forma a não atrapalhar a temporada dele, comentou Ingo Hoffmann, o recordista absoluto de títulos da principal categoria do automobilismo nacional.

A história entre Rubinho e Ingo é das mais curiosas. Rubens ganhou seu primeiro capacete de Ingo, e usa até hoje a cor laranja em seu casco em referência ao ídolo. Ambos chegaram a categoria máxima do automobilismo, a F1, e em sua primeira corrida de Stock Car, no final de 2012, Rubinho homenageou Ingo ao usar o número 17 no carro da Medley Full Time Sports.

Rubens também comentou sobre a chance de correr com um piloto que sempre foi uma das referências desde criança.

- Estou extremamente honrado em correr com um ídolo, e certamente vamos formar uma das duplas mais fortes da corrida. Será uma grande alegria vê-lo pilotando o 111, e estou muito entusiasmado com a nossa parceria, apontou Rubens, recordista de Grande Prêmios de F1.

E MAIS:
> Confira como foram os testes da Pré-temporada da Stock Car
> Caterham vende todos os bens e dá adeus à F1

O chefe de equipe da Medley Full Time, Maurício Ferreira,  garantiu o seu aval para a sua dupla.

- Foi uma grande escolha, pois trará o maior campeão de volta as pistas, e só isso já vale muito. Teremos dois campeões e vamos formar uma dupla que vai dar trabalho. É claro que o Ingo não guia um Stock há muito tempo, mas um cara doze vezes campeão nunca perde o reinado, comentou Maurício Ferreira, que conquistou seu primeiro título de pilotos e equipes no ano passado aos 36 anos, o mais jovem dono de equipe campeão da Stock Car.