icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/04/2014
17:19

O Barra Mansa empatou em 2 a 2 com o Olaria. neste Sábado, no Estádio Leão do Sul, em Barra Mansa. Com o resultado, o time do Sul-Fluminense sagrou-se campeão da Taça Santos Dumont, o Primeiro Turno da Segunda Divisão do Rio de Janeiro. Assim, garantiu a sua classificação para o triangular final da Segundona.  O Barra Mansa, por ter a melhor campanha na fase de grupos, jogou com a vantagem do empate.

O Barra Mansa contou com o apoio maciço da torcida (todos os 900 ingressos destinados para os seus fãs - 150 deles, gratuidades - foram vendidos), entusiasmada com a boa campanha da equipe e a vantagem do empate para sagrar-se campeão da Taça Santos Dumont. Só que desde o início da partida foi o Olaria que comandou as ações e chegou ao gol logo aos seis minutos, quando o Nego cobrou uma falta de longe e foi muito feliz no arremate, pois o goleiro Iago voou e não conseguiu chegar na bola.

Especialista em bombas de fora da área, Nego arriscou mais dois chutes (um de falta) tentando ampliar o placar antes dos dez minutos. Além disso, Lincoln e Renatinho faziam boas tabelas e levavam a defesa do Barra Mansa à loucura. Até parecia que era o Olaria que jogava em casa.

O Barra Mansa só foi conseguir equilibrar um pouco a partida após o tempo técnico. E chegou ao empate numa falha gritante da defesa do Olaria. Após cobrança de falta de Bahia, o goleiro Cleber e o meia Rafael se chocaram e o zagueiro Thiagão, livre, de carrinho, colocou para a rede.

O choque acabou tirando o goleiro Cleber e o meia Rafael da partida. Cleber teve um corte na gengiva, sem maior gravidade, mas que afetou a arcada dentária. Ele precisou ser imobilizado e levado para o hospital. A partida ficou interrompida por nove minutos e Adilson entrou em seu lugar. Já Rafael tentou ficar em campo, mas saiu pouco depois, de maca, com dores nas costas.

Por causa disso, o jogo foi até os 57 minutos e com o Barra Mansa sufocando o Olaria. Justamente no último ataque do primeiro tempo o Barra Mansa virou a partida. O meia Bahia recebeu a bola e cruzou para a área. Kaíque pegou de primeira e colocou o Barra Mansa em vantagem.

No segundo tempo, o Olaria, precisando virar para  voltou em cima. Mas dando muitos espaços para o rival contra-atacar. Por milagre não levou o terceiro gol aos sete minutos. Vitinho entrou livre e perdeu chance de ouro, ou aos 15, quando o meia Bahia, o jogador mais perigoso em campo, recebeu de Bahia e finalizou, raspando o gol de Adilson.

Aos 22, antes da parada técnica, a defesa do Barra mansa bateu cabeça numa tabelinha entre Bruno Andrade e Gian, que tinha entrado no lugar de Lincoln. Gian bateu e empatou o jogo em 2 a 2.

Os minutos finais foram tensos. O Barra Mansa mudou a sua formação de três zagueiros, com o técnico Leite pasando a fechar o meio com mais volantes e segurando os laterais. O Olaria cresceu em campo, mas não conseguiu virar a partida. 




FICHA TÉCNICA
Barra Mansa 2X2 Olaria

Local: Estádio Leão do Sul, em Barra Mansa (RJ)
Data-hora: 5/4/2014 – às 15h (horário de Brasília)
Árbitro: Diego Lourenço (RJ)
Assistentes: Thiago Gomes e Thiago Varela
Cartões amarelos:  Carlão (BM) Robertinho e Vandinho (OLA)
Cartões vermelhos: Não houve
Renda e Público: ND/ 800 pagantes (990 presentes)

Gols: Nego,6’/1ºT (0-1); Thiagão, 34'/1ºT (1-1); Kaíque, 57'/1ºT (2-1); Gian, 22'/2ºT (2-2)

BARRA MANSA: Iago; Carlão (Willian, 23 2ºT), Thiagão e Vinícius; Brasinha, Audren (Landinho, 28'/2ºT), Serginho, Rafael (Rodriguinho, 44’/1ºT), Bahia e Vitinho; Kaique. Técnico: Wilson Leite.

Olaria: Cleber (Adilson, 43’/1ºT); Ivan, Daniel, Vandinho e Kevin Gaúcho; Robertinho, Nego, Junior e Lincoln (Gian, 15'); Bruno Andrade (Tiago, 27'/2ºT) e Renato . Técnico: Cleimar Rocha.