icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
06/11/2014
19:11

Principal atacante do Grêmio e artilheiro do time na Série A com 13 gols, o atacante Barcos, após o treino desta quinta-feira, disse que as declarações de D'Alessandro, sobre a dificuldade que o rival tem de balançar as redes (foram apenas 27 em 32 jogos) não repercutem muito no Tricolor gaúcho e justificou:

- Não é só o D'Alessandro que fala isso. Todos os torcedores e toda a imprensa também. É verdade que fazemos poucos gols. Só que se vocês olharem a tabela, estamos colados na briga pelo G4 e com a melhor defesa. Podemos não fazer três gols por jogo, mas estamos tentando.

O Pirata disse que há um sabor especial quando o Grêmio enfrenta o maior rival. E que o atual momento do time no Brasileiro ainda aumenta a importância da partida.

- Qualquer torcedor do Grêmio espera uma vitória e sabemos que este jogo tem um sabor especial. Pela hombridade, temos de entrar em campo com o pensamento de ganhar de qualquer jeito - disse o Pirata, que já marcou três vezes em Gre-Nais.

Sobre o fato de o Internacional apostar em treinos fechados e mistérios na escalação, Barcos não está nem aí.

- Conhecemos bem o time do Internacional e seus jogadores de qualidade. Se ele quer fazer treino aberto ou fechado, isso não nos preocupa - disse o atacante.

O treino desta quinta-feira foi aberto para a imprensa, mas Feluipão despistou o esquema e os titulares, já que foram 14 jogadores para cada lado durante o coletivo. Mas a escalação é quase certa: Marcelo Grohe; Pará, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Felipe Bastos, Ramiro e Riveros; Luan e Dudu; Barcos