icons.title signature.placeholder Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Marcio Porto
05/07/2013
15:22

Os três jogadores do Santos que o Barcelona tem a preferência de compra são os atacantes Gabriel, Giva, e Victor Andrade. O acerto aconteceu na venda de Neymar ao clube catalão, em maio deste ano.

O Peixe fez essa negociação para dar um "chapéu" na DIS, que tinha 40% dos direitos econômicos do craque. Em vez de pagar o valor total da transferência, que teria de ser dividido também entre Santos (55%) e Teisa (5%), o Barça firmou outro negócio com o Alvinegro, envolvendo apenas a preferência pelos três garotos. Dessa forma, não haveria participação da DIS neste segundo acerto.

Com apenas 16 anos, Gabriel, o Gabigol, tem contrato com o Santos por mais três anos e uma multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$140 mi), mesmo valor da multa de Victor Andrade, que tem 17 anos. Ambos atacantes são formados nas categorias de base alvinegra. Já Giva, 19 anos, chegou ao Peixe no ano passado, após se destacar pelo Vitória.

A briga entre Santos e DIS ocorre porque, em 2009, o grupo adquiriu parte dos direitos econômicos de sete atletas, entre eles Ganso, André e Wesley. No ano seguinte o Conselho Fiscal do clube apontou a negociação como ilegal e o Peixe entrou na Justiça, chegando a obter vitória. Mas, nas últimas instâncias julgadas, a vitória foi favorável à DIS, que cobra cerca de R$ 8 milhões que o Santos teria de ter lhe repassado sobre as transferências de Wesley para o Werden Bremen (ALE) e André para o Dínamo de Kiev (UCR). O caso ainda corre na Justiça.

Os três jogadores do Santos que o Barcelona tem a preferência de compra são os atacantes Gabriel, Giva, e Victor Andrade. O acerto aconteceu na venda de Neymar ao clube catalão, em maio deste ano.

O Peixe fez essa negociação para dar um "chapéu" na DIS, que tinha 40% dos direitos econômicos do craque. Em vez de pagar o valor total da transferência, que teria de ser dividido também entre Santos (55%) e Teisa (5%), o Barça firmou outro negócio com o Alvinegro, envolvendo apenas a preferência pelos três garotos. Dessa forma, não haveria participação da DIS neste segundo acerto.

Com apenas 16 anos, Gabriel, o Gabigol, tem contrato com o Santos por mais três anos e uma multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$140 mi), mesmo valor da multa de Victor Andrade, que tem 17 anos. Ambos atacantes são formados nas categorias de base alvinegra. Já Giva, 19 anos, chegou ao Peixe no ano passado, após se destacar pelo Vitória.

A briga entre Santos e DIS ocorre porque, em 2009, o grupo adquiriu parte dos direitos econômicos de sete atletas, entre eles Ganso, André e Wesley. No ano seguinte o Conselho Fiscal do clube apontou a negociação como ilegal e o Peixe entrou na Justiça, chegando a obter vitória. Mas, nas últimas instâncias julgadas, a vitória foi favorável à DIS, que cobra cerca de R$ 8 milhões que o Santos teria de ter lhe repassado sobre as transferências de Wesley para o Werden Bremen (ALE) e André para o Dínamo de Kiev (UCR). O caso ainda corre na Justiça.