icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/04/2014
13:58

Menos de uma semana depois de sua última exibição pelo UFC, Edson Barboza já pensa em seu próximo compromisso pela organização e, no que depender dele, será contra o mesmo adversário. O brasileiro foi finalizado por Donald Cerrone no último sábado, pelo UFC de Orlando, e não conseguiu aceitar muito bem a derrota. Barboza estava melhor no confronto até ser acertado por um jab do adversário.

- É difícil falar sobre essa luta. Eu sabia tudo que tinha de fazer para vencê-lo. Fui para finalizar e eu queria muito isso. Mas, Deus sabe o que faz. Eu pisquei no momento exato que ele socou, então não vi o golpe. Se eu tivesse visto, ele não teria me derrubado. Eu tinha 99% da luta na minha mão, mas isso é MMA. Qualquer detalhe pode fazer a diferença - comentou o brasileiro, em entrevista ao site americano "MMA Junkie".

Depois de fazer sua análise do confronto, Barboza comentou que quer voltar ao octógono o mais rápido possível e continuar enfrentando os melhores da categoria. O brasileiro ainda fez questão de pedir uma revanche contra Cerrone e afirmou que o americano teve um "golpe de sorte" no último sábado.

- Só quero lutar de novo o mais rápido possível. Se o UFC me der a revanche, estarei lá. Quero continuar lutando contra esses caras. Tenho muito mais para mostrar aos meus fãs. Ele (Cerrone) teve seu golpe de sorte, então bom para ele. De qualquer jeito, não importa o resultado. Vou provar que sou melhor que ele sem golpe de sorte - completou o atleta.

O revés para Donald Cerrone marcou a segunda derrota de Edson Barboza na carreira. O brasileiro segue em busca de entrar no top 10 dos leves, enquanto o americano, que conquistou sua terceira vitória consecutiva, ocupa o sétimo lugar da divisão.