icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/04/2014
14:01

Barbara Berlusconi, filha do presidente do Milan, Silvio Berlusconi, afirmou que as informações de que o empresário Peter Lim estaria disposto a comprar 51% das ações do clube não têm fundamento.

- São informações privadas de fundamento. Além disso, as cifras apresentadas hoje não estão de acordo com o valor do clube. Os 300 milhões de euros (R$ 921,4 milhões) representam 30% das ações, e não 51% - disse Barbara Berlusconi à agência Ansa.

Nesta segunda-feira, o diário espanhol "AS" informou que o chinês Peter Lim estaria disposto a comprar 51% das ações do Milan. O jornal ainda afirmou que o magnata esteve em uma reunião com Adriano Galliani, vice-presidente do Rossonero, acompanhado do empresário Jorge Mendes.