icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
15:26

 

A torcida do Flamengo pode ficar um pouco menos confiante sobre a chegada de Robinho. Isso porque o próprio presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, afirmou nesta quarta-feira que o jogador só desembarcará na Gávea caso o clube tenha auxílio de investidores. O presidente, desta maneira, também ressaltou que não há nada de concreto com o jogador.

- Não existe absolutamente nada de concreto sobre a ida do Robinho para o Flamengo. Um reforço dessa magnitude tem que vir associado a um projeto com participação de investidores, participação de empresas que trabalhem a imagem do jogador que está chegando. Estamos passando um momento de dificuldade momentânea e crônica. No momento, para reforçar alguma coisa, é primeiro reforçar as nossas pendências - lembrou o presidente, ao Arena Sportv, referindo-se aos dois meses de salários atrasados que o clube tem com os jogadores. Ele também deixou em aberto a chegada de investidores:

- A vinda de um grande jogador não pode significar um rombo no Flamengo. Se alguma empresa quiser associar isso à vinda de um grande jogador, tudo bem, mas não pode dificultar o clube.

Vale lembrar que o Flamengo, devido a dívidas de antigas diretorias, foi colocado no Cadin (Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados do Setor Público Federal) pelo Banco Central referente à divída dos anos 90, maior parte da gestão Kleber Leite, sobre transferências de jogadores.