icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/02/2015
09:03

O Liverpool venceu o Besiktas por 1 a 0, jogando no Anfield Road pela Liga Europa, com um gol de Mario Balotelli de pênalti. Um tento que não tem sido comum para o atacante, mas que foi comemorado apenas dentro de campo e pela torcida. Fora dele, o ídolo Gerrard, que foi poupado do confronto, criticou o italiano, que não deixou Henderson, batedor oficial na ausência do capitão, cobrar.

Gerrard chegou a falar em desrespeito de Balotelli e que o atacante quebrou regras de dentro do Liverpool. Mas o polêmico jogador utilizou as redes sociais para colocar panos quentes na situação e pediu para que não façam drama com o episódio.

E MAIS
- Gerrard critica Balotelli após 'bancar' que bateria pênalti: 'Desrespeito'

- Obrigado, Hendo (Henderson), por me deixar marcar o 'pênalti'... Mas parem com o drama. Ganhamos e isso é o mais importante. Somos uma equipe e, acima de tudo, somos o Liverpool - disse o italiano.


Balotelli marcou, mas foi criticado por Gerrard (Foto: Oli Scarff/AFP)

Gerrard pelo menos elogiou o gol de Balotelli, e ainda elogiou a atitude de Henderson, que deve ser o herdeiro definitivo da braçadeira de capitão após sua saída.

- Créditos para Mario, ele marcou o gol... Mas não é legal ver os jogadores debatendo. Acho que Jordan levou a situação muito bem. Ele viu que Mario queria muito fazer o gol e saiu de lá no momento certo - concluiu.