icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2013
07:47

Bale chegou ao Real Madrid com muita badalação, digna de um jogador que foi contratado por mais de R$ 300 milhões e demorou para engrenar. Viveu com lesões, falta de ritmo, e o pior momento foi o clássico com o Barcelona (derrota por 2 a 1). Mas neste sábado, ele entra em campo contra a Real Sociedad vivendo, enfim, uma boa fase.

A demora em conseguir jogar bem foi pela falta da pré-temporada. Levou um tempo para ter sequência. A imprensa espanhola chegou até a dizer que Bale tinha uma hérnia de disco. Para o jogo contra o Barça, a comissão técnica fez um planejamento para ele atuar desde o início. No entanto, não foi bem.

Mas logo na depois, Carlo Ancelotti insistiu no trio formado por Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema. Veio a goleada por 7 a 3 sobre o Sevilla. O galês fez dois, deu passes para mais dois, e CR7 marcou três vezes.

– Só Cristiano não tem entrado no rodízio, está em um grande momento. Quem jogar como ele, também não vai rodar – disse Ancelotti.

Bale começa a entrar no ritmo do Real Madrid (Foto: Gerard Julien/ AFP)

Por enquanto, o que tem sido fixo no time é exatamente o trio de frente. O meio-campo tem variado. Ancelotti já utilizou Isco como homem mais centralizado, Di María e Modric. Na partida contra a Juventus, quando o croata foi escalado, o técnico italiano fez um 4-3-3, deixando Ronaldo, Bale e Benzema mais isolados. No segundo tempo, quando o galês e o português deram alguns passos para trás, o jogo melhorou.

No jogo seguinte, contra o Rayo, deu mais dois passes, sendo um após lindo chapéu, e voltou a mostrar boa condição física e movimentação em campo. Contra a Juventus, pela Liga dos Campeões marcou o gol da virada (a Velha Senhora acabou empatando.

Do outro lado, o técnico da Real Sociedad elogiou o ataque merengue, formado por Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema.

– São três grandes jogadores, difíceis de parar. Não podemos vacilar em momenot nenhum, não dá para conceder contra-ataques, e não podemos deixá-los correr, se não é muito difícil parar – disse Jagoba Arrasate.