icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/04/2014
18:06

O jogo de ida entre os dois maiores clubes baianos foi disputado. Do lado Tricolor, um ex-Rubro-Negro. Do lado Rubro-Negro, um ex-Tricolor. Maxi Biancucci e Souza, que foram parceiros de ataque na memorável arrancada do Flamengo no Brasileiro de 2007, eram as principais caras nesse confronto que marcou a primeira partida da decisão do Campeonato Baiano. O argentino, no entanto, se destacou mais e ajudou o Bahia a sair com a vitória por 2 a 0 contra o maior rival. O jogo da volta será no próximo domingo, no Pituaçu e o Tricolor poderá perder por até um gol de diferença.

Argentino se destaca e o Bahia sai na frente

A primeira etapa começou à toda, com boas jogadas dos dois lados. Com menos de 5 minutos, os dois times já havia finalizado perigosamente. O argentino Maxi Biancucchi, ex-Vitória e que agora defende as cores do Bahia, infernizava a defesa rubro-negra, com arrancadas e belos dribles. Aos 11, o camisa 7 fez uma bela jogada, passando por três marcadores, mas chutando em cima do goleiro Wilson.

Aos 32 minutos, o lance mais perigoso até o momento. Após rebote, Juan chutou forte da entrada da área e acertou a trave direita de Marcelo Lomba. No entanto, quem abriu o placar foi o Bahia. Aos 37, Maxi Biancucchi e Talisca pressionaram saída de bola do Vitória e levaram a melhor sobre Rodrigo Defendi. A dupla fez uma tabelinha na entrada da área e o argentino deixou Talisca de frente para o gol. O meia tocou de canhota no canto para abrir o placar na Fonte Nova e fechar a primeira etapa em 1 a 0 para o Tricolor do Aço!

Expulsão dos dois lados inibe os times, mas o tricolor amplia

No segundo tempo os dois times voltaram mais ligados e mais dispostos a sair com a vitória. Boas oportunidades foram despertiçadas de ambos os lados. Aos 6, Lincoln cobrou lindamente uma falta, mas a bola passou raspando o ângulo direito de Wilson, dando a impressão até de que a bola havia entrado. 

Aos 16, o árbitro resolveu expulsar dois jogadores. Uelliton e Hugo se desentenderam no centro do gramado e o juiz mandou os dois para o chuveiro mais cedo, deixando os dois times com apenas 10 jogadores em campo. Com as expulsões, os times ficaram mais cautelosos e se resguardaram mais, temendo uma investida adversária que matasse o jogo.

Aos 28, o meia Marquinhos arriscou um chute de fora da área e a bola passa perto do gol de Lomba. No entanto, o lance que fechou o jogo veio aos 35, com o gol de Fahel. Após belo escanteio de Talisca, o volante subiu sozinho dentro da área e cabeceou para o fundo das redes, deixando o Tricolor de Aço com uma boa vantagem para o jogo de volta.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 2 X 0 VITÓRIA

Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)
Data-hora: 6/4/2014 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-RJ)
Assistentes: Bruno Boschilia e Fabrício Vilarinho
Cartões amarelos: Bahia: Anderson Talisca, Uelliton, Diego Macedo; Vitória: Juan, Souza, Matheus Salustiano, José Welison.
Cartão vermelho:  Bahia: Uelliton; Vitória: Hugo

GOLS: Anderson Talisca 37'/1ºT (1-0) e Fahel 36'2ºT (2-0)

BAHIA: Marcelo Lomba; Diego Macedo, Demerson, Titi e Guilherme Santos (Pará); Fahel, Uelliton, Talisca e Lincoln (Wilson Pittoni); Maxi Biancucchi e Rhayner (Rafael Miranda) - Técnico: Marquinhos Santos.

VITÓRIA: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Rodrigo Defendi e Mansur (Marquinhos); José Welison, Cáceres, Juan e Hugo; William Henrique (Alan Pinheiro) e Souza (Euller) - Técnico: Ney Franco.