icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/12/2013
13:43

Após ver Sidney Moraes deixar o Avaí para acertar com a Ponte Preta, o clube catarinense confirmou, na manhã desta quarta-feira, a efetivação do ex-zagueiro Emerson Nunes, de 31 anos, como o treinador do time para a próxima temporada. Aposentado desde 2012, ele era auxiliar no Leão catarinense.

- É uma satisfação estar aqui hoje apresentando o novo técnico do Avaí Futebol Clube. Todos lembram na final de 2010 a garra que demonstrou e depois como auxiliar técnico em 2012. É um "prata da casa" que está afinado com as filosofias do clube - disse Nilton Macedo Machado, presidente do Avaí, ao apresentar Emerson, também nesta quarta, em entrevista coletiva.

Emerson chegou ao Avaí para a temporada de 2010, após ter defendido o Botafogo. Ele foi jogador do time catarinense até fevereiro de 2012, quando, por problemas cardíacos teve de se aposentar. Desde então, ele tem sido auxiliar no Avaí.

- Obrigado ao Avaí pela confiança depositada no meu trabalho, no meu caráter. Sinto-me totalmente capaz em desempenhar essa nova função. Acredito que me encaixo no perfil dos novos técnicos, com ideias novas e eficientes e sei que trarei grandes resultados para o Avaí - destacou o ex-defensor.

Júlio Rondinelli, gerente de futebol do Avaí, destacou que Emerson era a primeira opção do Avaí para 2014. Como Sidney Moraes permaneceu no clube por apenas uma semana, o ex-zagueiro foi confirmado no cargo, o que também era um desejo de Chico Lins, o coordenador de futebol do clube.

- Convivo com o Emerson Nunes há dois anos e ele sempre colaborou muito durante este tempo. Ele foi a primeira opção, porém, o clube optou por outro treinador, mas a solução sempre esteve aqui dentro.

Além do Botafogo, Emerson defendeu Cruzeiro, Sergipe, América-MG, Nacional da Ilha da Madeira (POR) e Ipatinga.