icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
19:40

Definitivamente, essa quinta-feira não é das melhores na vida do assistente Carlos Berkenbrock. Após não ter marcado um impedimento de Paulo Baier no gol da vitória do Criciúma sobre o Metropolitano nesta quarta-feira, ele vem sendo questionado. O assistente, afastado em trinta dias pela Federação Catarinense de Futebol, não soube explicar o equívoco:

- Um erro daquele não tem explicação. Se tentar explicar, só vai piorar a situação.

Ainda assim, o auxiliar, que figurou no quadro de árbitros da FIFA entre 2009 e 2012, assumiu toda a culpa do caso em entrevista concedida ao 'Diário Catarinense':

- O que me deixa mais chateado é que todo o trabalho da arbitragem catarinense está sendo criticado. Todos os árbitros estão pagando por um erro do senhor Carlos Berkenbrock, ou seja, você pune toda uma classe por um erro individual. Isso me deixa envergonhado.