icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/11/2013
11:57

A parceria que durava desde 2007, quando Dorival Júnior, como técnico, e Ivan Izzo, auxiliar, levaram o São Caetano à final do Paulista e depois se transferiram para o Cruzeiro - primeiro trabalho em um grande do país - foi desfeita este ano. Ivan não trabalha com o treinador desde o retorno dele ao Vasco, no segundo semestre, e, agora, se dedica aos estudos na Universidade de Salisbury, cidade localizada no estado americano de Maryland.

- Resolvi aproveitar o segundo semestre para investir na minha carreira. Estou estudando inglês e aproveitando para conhecer o mercado americano. Faço clínicas com garotos e existe a possibilidade de aceitar convites futuros no exterior - contou Ivan.

Apesar da possibilidade em aberto de trabalhar fora do país, o auxiliar poderá voltar no próximo ano para o Brasil. Ele já tem um convite do técnico que estava no Guaratinguetá e já foi dirigente do Palmeiras.

- Tem um convite do Toninho Cecílio para o próximo ano e, futuramente, iniciar a carreira como treinador - explicou Ivan Izzo.

Sem mágoas com Dorival Júnior, o auxiliar que pretende se tornar treinador apenas relatou que a opção foi tomada pelo atual comandante do Fluminense.

- Antes de assumir o Vasco ele me comunicou. Fez a opção de seguir com o filho dele como auxiliar - explicou.