icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/07/2013
19:52

Paulo Autuori não confirmou se sai ou se continua no cargo de treinador do Vasco. Mas se meia palavra basta... Após o jogo contra o Internacional, neste domingo, em Caxias do Sul, ele disse que já tomou uma decisão e que a diretoria já está ciente de tudo. Uma reunião nesta segunda-feira servirá para definir a situação.

- A minha posição a direção já sabe. Eles vão falar. Quando eu acertei, ficou claro que, se não cumprissem, eu iria rescindir meu contrato. Não vou ficar de papo, nem de palavras ou empurrar as coisas com a barriga. Amanhã vocês vão saber a verdade e a verdade os dirigentes do clube já sabem - disse Autuori.

Segundo o treinador, a saída não teria ligação alguma com o interesse do São Paulo, mas, sim, com os prazos dados pela diretoria para pagamentos de salários atrasados, que seria até julho. De qualquer forma, o nome dele ganhou bastante força pelos lados do Tricolor.

Autuori assume responsabilidade por derrota

Mesmo com a situação complicada, a diretoria vascaína mantinha certo otimismo de que Autuori ainda pudesse seguir na Colina, com a promessa de que a questão e salários atrasados seria zerada na semana que vem.

- Não estou dizendo que estou fora, não. Estou dizendo que tenho um compromisso e que, dentro da minha parcela, não pude cumprir com o que era o desejo dos funcionários. Existia a esperança deles de que eu pudesse de alguma maneira ajudar que os compromissos fossem cumpridos. E eu tenho vergonha quando tenho um compromisso e não posso cumprir - ressaltou ele.

Incrível! Veja os gols de Internacional 5x3 Vasco

Paulo Autuori não confirmou se sai ou se continua no cargo de treinador do Vasco. Mas se meia palavra basta... Após o jogo contra o Internacional, neste domingo, em Caxias do Sul, ele disse que já tomou uma decisão e que a diretoria já está ciente de tudo. Uma reunião nesta segunda-feira servirá para definir a situação.

- A minha posição a direção já sabe. Eles vão falar. Quando eu acertei, ficou claro que, se não cumprissem, eu iria rescindir meu contrato. Não vou ficar de papo, nem de palavras ou empurrar as coisas com a barriga. Amanhã vocês vão saber a verdade e a verdade os dirigentes do clube já sabem - disse Autuori.

Segundo o treinador, a saída não teria ligação alguma com o interesse do São Paulo, mas, sim, com os prazos dados pela diretoria para pagamentos de salários atrasados, que seria até julho. De qualquer forma, o nome dele ganhou bastante força pelos lados do Tricolor.

Autuori assume responsabilidade por derrota

Mesmo com a situação complicada, a diretoria vascaína mantinha certo otimismo de que Autuori ainda pudesse seguir na Colina, com a promessa de que a questão e salários atrasados seria zerada na semana que vem.

- Não estou dizendo que estou fora, não. Estou dizendo que tenho um compromisso e que, dentro da minha parcela, não pude cumprir com o que era o desejo dos funcionários. Existia a esperança deles de que eu pudesse de alguma maneira ajudar que os compromissos fossem cumpridos. E eu tenho vergonha quando tenho um compromisso e não posso cumprir - ressaltou ele.

Incrível! Veja os gols de Internacional 5x3 Vasco