icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
02/02/2015
11:50

Dalmo ao lado de alguns jogadores que estiveram no bicampeonato mundial do Peixe (FOTO: Divulgação Santos Futebol Clube) 

O ex-lateral-esquerdo Dalmo Gaspar faleceu na manhã desta segunda-feira, aos 82 anos, em Jundiaí, sua cidade natal, vítima do Mal de Alzheimer.

O ex-atleta santista foi o herói do bicampeonato mundial co clube em 1963. Foi dele o gol diante do Milan, de pênalti, no Maracanã, no terceiro jogo da final.

A saúde de Dalmo estava fragilizada em função da doença e ele chegou a ser internado com infecção sanguínea. Devido ao alto custo dos medicamentos, a medalha de 1963 chegou a ser colocada à venda.

O enterro de Dalmo acontecerá no Cemitério Nossa Senhora do Desterro, em Jundiaí, às 10h desta terça-feira.

O Santos decretou luto de sete dias pelo falecimento e emitiu uma nota de pesar em seu site oficial: 

"É com pesar que a diretoria do Santos FC informa o falecimento de Dalmo Gaspar, lateral-esquerdo bicampeão mundial interclubes, em 1962 e 1963. O presidente Modesto Roma Júnior decretou luto de sete dias.

- Lamentamos a morte de um dos grandes jogadores da história do clube. O que ele fez está guardado na memória de todo o santista, de todas as gerações, e dá a ele a imortalidade alvinegra.”