icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2013
20:20

O volante Guilherme foi um dos melhores jogadores do Corinthians em campo neste domingo, no empate por 1 a 1 com o Vitória, e aproveitou o "crédito" de ter marcado o gol para pedir mais paciência à torcida. Nos últimos dias, torcedores têm pressionado o grupo com protestos em frente ao CT, mas, segundo o camisa 19 o momento é de esperar a evolução da equipe na reta final do Brasileirão.

- O elenco é bom, a gente confia um no outro, e temos certeza que a torcida confia na gente. Eles estão vendo que a gente está correndo, está mostrando a cara do Corinthians, que estamos treinando, tudo porque o torcedor merece. A vontade demonstrada já é um grande passo, então o torcedor pode esperar essa evolução - afirmou Guilherme.

Com 42 pontos, o Corinthians ocupa a 12ª colocação, mais perto da zona de rebaixamento que do sonho de se classificar para a Libertadores de 2014 - o Vasco, que abre a degola, tem 36, enquanto o Atlético-PR, primeiro time do G4, tem 53 pontos ganhos. O principal entrave para a evolução da equipe tem sido a má fase do ataque, que balançou as redes adversárias apenas 25 vezes no Brasileirão. Questionado a respeito da seca dos homens de frente, o volante desconversou.

- Jamais comentamos que os atacantes estão em má fase. Não são só eles que precisam fazer os gols, o time inteiro tem que ajudar. E a bola vai entrar, uma hora os gols vão sair e os três pontos também. Vamos descansar e trabalhar para já ser no próximo jogo - afirmou o volante, já mudando o foco para a semana livre e o compromisso de domingo, contra o Fluminense, em Araraquara.