icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/12/2013
16:48

O Marrocos foi escolhido pela Fifa para abrigar o Mundial de Clubes neste ano e em 2014. Atual campeão da Libertadores, o Atlético-MG fracassou em Marrakesh, mas o meia-atacante Luan, que diminuiu a tristeza do Galo no torneio, mandou um recado de confiança ao marcar o gol da vitória do Alvinegro neste sábado.

Durante a comemoração, ele apontou para as câmeras de TV que os jogadores estariam novamente no Marrocos no ano que vem. O jogador ficou feliz com o gol salvador e pôde homenagear a sua esposa, grávida de dois meses.

- Graças a Deus, a gente ficou abalado na semana com a expectativa falhada de ir para final contra o Bayern. Falei para a rapaziada que tinha que fazer o gol para a minha esposa Jéssica, que está grávida - afirmou o jogador ao Sportv, que lembrou ter garantido pelo menos a medalha de terceiro lugar para os colegas de Galo:

- Darei uma medalha para o grupo, para a torcida. Agora é um momento feliz e devemos agradecer por tudo, ano maravilhoso.

Luan ficará?

Assim que surgiu a confirmação de que Cuca trocou o Atlético-MG pelo futebol chines, Luan já começou a ser especulado como um dos jogadores do Atlético-MG que acompanhariam o treinador nesta nova missão. Contudo, o atleta disse que seu futuro depende mais de Alexandre Kalil, reforçando o desejo de disputar um novo Mundial pelo Galo.

- Não sei também, só o presidente sabe, Deus sabe. Mas queremos estar de volta aqui - disse o jogador.