icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2013
16:14

Com o departamento médico lotado - os zagueiros Alison e Luiz Eduardo, os volantes Elicarlos e Martinez e o atacante João Paulo estão no DM do Náutico - e os recém-contratados Peña e Morales aguardando documentação, a falta de entrosamento do grupo ficou muito evidente durante a derrota por 3 a 0 diante do Cruzeiro, no último domingo.

Para o volante Auremir, as baixas no elenco e as constantes mudanças na equipe dificultaram a criação das jogadas alvirrubras.

- Não é desculpa, é a realidade do clube. O Cruzeiro vem jogando desde janeiro com uma base e nossa equipe está sendo montada agora no Brasileiro. Vamos encontrar ainda algumas dificuldades. Temos que ser realistas. Nosso time tem sim qualidades, mas nossa equipe está sendo montada agora. As dificuldades vão aparecer e algumas qualidades também vão aparecer. Mas sabemos que precisamos de uma vitória para sair dessa situação o quanto antes - destacou o jogador, em entrevista ao site oficial do clube.

O volante Dadá, que entrou no segundo tempo no lugar de Marcos Vinícius - também ressaltou a necessidade da equipe reagir o mais rápido possível para escapar das últimas posições. Para ele, o grupo precisa superar o Botafogo, próximo adversário do Timbu an competição.

- Nesse momento temos que tentar o mais rápido sair dessa situação. Está no começo do campeonato, mas temos que sair o mais rápido possível para que a gente possa aliviar um pouco essas partidas fora de casa. Mas na próxima vamos tentar um resultado melhor - projetou Dadá.

Cruzeiro faz três e vence o Náutico no Mineirão

Com o departamento médico lotado - os zagueiros Alison e Luiz Eduardo, os volantes Elicarlos e Martinez e o atacante João Paulo estão no DM do Náutico - e os recém-contratados Peña e Morales aguardando documentação, a falta de entrosamento do grupo ficou muito evidente durante a derrota por 3 a 0 diante do Cruzeiro, no último domingo.

Para o volante Auremir, as baixas no elenco e as constantes mudanças na equipe dificultaram a criação das jogadas alvirrubras.

- Não é desculpa, é a realidade do clube. O Cruzeiro vem jogando desde janeiro com uma base e nossa equipe está sendo montada agora no Brasileiro. Vamos encontrar ainda algumas dificuldades. Temos que ser realistas. Nosso time tem sim qualidades, mas nossa equipe está sendo montada agora. As dificuldades vão aparecer e algumas qualidades também vão aparecer. Mas sabemos que precisamos de uma vitória para sair dessa situação o quanto antes - destacou o jogador, em entrevista ao site oficial do clube.

O volante Dadá, que entrou no segundo tempo no lugar de Marcos Vinícius - também ressaltou a necessidade da equipe reagir o mais rápido possível para escapar das últimas posições. Para ele, o grupo precisa superar o Botafogo, próximo adversário do Timbu an competição.

- Nesse momento temos que tentar o mais rápido sair dessa situação. Está no começo do campeonato, mas temos que sair o mais rápido possível para que a gente possa aliviar um pouco essas partidas fora de casa. Mas na próxima vamos tentar um resultado melhor - projetou Dadá.

Cruzeiro faz três e vence o Náutico no Mineirão