icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/07/2013
19:14

O recordista sul-americano do salto com vara Augusto Dutra garantiu nesta quinta-feira um lugar no pódio na etapa de Lausanne da Liga Diamante. O atleta ficou com o bronze ao obter a marca de 5,62m, atrás apenas do grego Konstantinos Filippidis (5,72 m) e do alemão Raphael Holzdeppe, também com 5,62 m.

O feito foi comemorado pelo técnico Elson Miranda, que no momento está em Cartagena, na Colômbia, junto com os saltadores Thiago Braz e Karla Rosa para a disputa do Sul-Americano. Ele acompanhou o desempenho do atleta, que é treinado por ele, pela internet.

- O Augusto precisou de cinco saltos para superar os 5,62 m, enquanto o Holzdeppe precisou de dois. Mesmo assim, o resultado foi maravilhoso - disse.

O comandante exaltou ainda a evolução de Augusto, cuja melhor marca em 2012 havia sido 5,45 m. E mostrou-se satisfeito com o fato de o atleta ter chegado ao pódio em uma etapa que contava com nomes expressivos dosalto com vara no cenário mundial, como o atual campeão olímpico Renaud Lavillenie.

- Até mesmo conseguir entrar em uma competição desse nível é bem difícil. São poucos competidores e apenas os melhores recebem convite. Isso prova que o Augusto, hoje, está em uma posição de destaque no salto com vara mundial - completou.

Augusto já tem classificação assegurada para o Mundial de Moscou, que acontecerá em agosto. Durante o período de preparação, ele foi ao pódio em todas as cinco competições que disputou na Europa. O próximo desafio do saltador será neste sábado (6/7), em Paris, em nova etapa da Liga Diamante.

O recordista sul-americano do salto com vara Augusto Dutra garantiu nesta quinta-feira um lugar no pódio na etapa de Lausanne da Liga Diamante. O atleta ficou com o bronze ao obter a marca de 5,62m, atrás apenas do grego Konstantinos Filippidis (5,72 m) e do alemão Raphael Holzdeppe, também com 5,62 m.

O feito foi comemorado pelo técnico Elson Miranda, que no momento está em Cartagena, na Colômbia, junto com os saltadores Thiago Braz e Karla Rosa para a disputa do Sul-Americano. Ele acompanhou o desempenho do atleta, que é treinado por ele, pela internet.

- O Augusto precisou de cinco saltos para superar os 5,62 m, enquanto o Holzdeppe precisou de dois. Mesmo assim, o resultado foi maravilhoso - disse.

O comandante exaltou ainda a evolução de Augusto, cuja melhor marca em 2012 havia sido 5,45 m. E mostrou-se satisfeito com o fato de o atleta ter chegado ao pódio em uma etapa que contava com nomes expressivos dosalto com vara no cenário mundial, como o atual campeão olímpico Renaud Lavillenie.

- Até mesmo conseguir entrar em uma competição desse nível é bem difícil. São poucos competidores e apenas os melhores recebem convite. Isso prova que o Augusto, hoje, está em uma posição de destaque no salto com vara mundial - completou.

Augusto já tem classificação assegurada para o Mundial de Moscou, que acontecerá em agosto. Durante o período de preparação, ele foi ao pódio em todas as cinco competições que disputou na Europa. O próximo desafio do saltador será neste sábado (6/7), em Paris, em nova etapa da Liga Diamante.