icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/02/2015
20:49

Um ex-santista brilhou e definiu a vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre o Capivariano neste sábado, no Allianz Parque, em jogo válido pelo Campeonato Paulista. Mas se engana quem acha que Arouca, estreante da noite, foi o protagonista. Coube ao meia Robinho fazer os dois gols que garantiram o triunfo do Verdão. Com isso, ele foi eleito o melhor em campo pelo LANCE!Net. Confira a análise a seguir:

PALMEIRAS, por Diogo Sautchuk (diogosautchuk@lancenet.com.br)

6,0
Fernando Prass
Os jogadores do Capivariano não conseguiram colocar o goleiro alviverde para trabalhar. Pouco teve trabalho.

5,0
Lucas
Deixou o lado direito muito aberto e não soube marcar Francis. Na frente, foi lento para definir as jogadas.

6,0
Tobio
Argentino foi sério defensivamente. Mostrou boa cobertura nas falhas de Lucas atrás. Errou muitos passes bobos.

6,5
Vitor Hugo
Fez mais uma vez uma partida segura. Sem brincar, deu chutão quando foi necessário. Bem nas bolas aéreas.

6,5
Zé Roberto
Fez um jogo mais ofensivo. Com velocidade, apareceu com frequência no ataque. Participativo, quase marcou de falta.

6,5
Gabriel
Volante teve importância na defesa, com bons desarmes, e chegou bastante à frente, sofrendo faltas, inclusive a do gol.

5,5
Arouca
Na estreia pelo Verdão, se movimentou bastante e deu consistência no meio. Na frente, teve chance e desperdiçou.

7,5
Robinho
Começou a partida com muita vontade e disposição. Garantiu a vitória com um gol de falta e um de fora da área. Decisivo.

6,0
Allione
Com raça e habilidade, o meia atormentou o rival se alternando pelos dois lados do campo. Saiu no intervalo injustamente.

5,5
Dudu
Apagadíssimo na primeira etapa, com muitos erros individuais, melhorou no segundo tempo e deu assistência.

6,0
Cristaldo
Mandou duas bolas na trave. A segunda, em gol que não poderia perder. Boa movimentação e esforçado como sempre.

5,0
Rafael Marques
Entrou e acrescentou pouco ao time. Errou passes e se precipitou em algumas jogadas na parte ofensiva.


Alan Patrick
Substituiu Arouca, mas ficou pouco tempo na partida, já que sentiu uma lesão e pediu para ser substituído.

5,5
Victor Luis
Sua entrada ajudou o Verdão a ficar mais ofensivo, já que Zé Roberto passou a jogar no ataque.

6,0
Oswaldo de Oliveira
Quando tirou Allione, mexeu errado, já que o argentino era o melhor dos atletas ofensivos. Com Victor Luis, fez certo.

CAPIVARIANO, por Paulo Giannini (reporteres-sp@lancenet.com.br)

5,0
Douglas
Se antecipou bem em bolas enfiadas no ataque. Não teve culpa nos gols.

5,0
Oliveira
Apoiou bem, mas deu muito espaço para Zé Roberto e Dudu atacarem.

5,0
Hélio
Foi bem, mas pagou caro por ser faltoso. Primeiro gol saiu em uma de suas faltas.

5,0
Marllon
Correu atrás dos atacantes do Palmeiras, e acabou desarmando bastante.

4,5
Pedro Henrique
Ficou preso atrás para conter avanços de Lucas. No início foi mal, acertou a marcação e melhorou no fim.

4,5
Júlio César
Pouco fez durante o jogo.

4,5
Samuel
Como volante, permitiu que o Palmeiras entrasse tabelando pelo meio.

4,0
Kleiton
Jogando no meio, não fez a sua função na teoria: armar as jogadas.

5,0
Wigor
Precipitado, arriscou muitos chutes de longa distância. Sem sucesso.

5,0
Rodolfo
Fez um jogo sem brilho.

5,5
Franci
Se movimentou bem e tentou chamar o jogo. Mas é fraco tecnicamente.

4,5
Aílton
Entrou para arrumar o meio de campo, mas não apareceu na partida.

5,0
Esquerdinha
Entrou no fim para reforçar o ataque e tentar o empate. Mas praticamente não tocou na bola.

-
Romão
Entrou no fim. Sem nota.

5,5
Ivan Baitello
Zaga foi bem e se fechou enquanto conseguiu. Time até chegou, mas setor ofensivo é fraco.