icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/02/2015
19:53

A torcida do Botafogo teve bons motivos para sorrir na reabertura do Estádio Nilton Santos. Na tarde deste sábado, o Glorioso mostrou bom rendimento e não deu chances para o Bonsucesso, na vitória por 4 a 0, em compromisso válido pelo Campeonato Carioca. Rodrigo Pimpão e Diego Jardel foram os destaques nas avaliações do LANCE!Net. Confira abaixo as notas do jogo:

BOTAFOGO, por Eduardo Mendes (eduardomendes@lancenet.com.br)

6,5
Jefferson
Salvou o time após falha grotesca de Renan Fonseca. No mais, foi pouco exigido.

5,5
Gilberto
Explorou os espaços deixados por Cristiano, mas pecou na conclusão do passe final.

6,0
Roger Carvalho
Seguro, não deu brechas para o ataque do Bonsucesso nas poucas vezes que o time chegou à meta de Jefferson.

5,0
Renan Fonseca
Uma falha bizarra que quase resultou em gol do adversário ainda no primeiro tempo.

6,5
Carleto
Não foi tão efetivo nas vezes que subiu ao ataque, mas deixou a marca em cobrança de falta.

6,0
Marcelo Mattos
Ficou mais preso para fazer a proteção à defesa e cobrir as subidas dos laterais.

6,5
Willian Arão
Teve liberdade para sair e procurou cair dos lados do campo, ajudando a armação de jogadas no ataque.

7,0
Diego Jardel
Peça importante na transição do meio para o ataque. Criou alguns lances e marcou um gol.

5,0
Tomas
Atuação apagada. Em um jogo fácil, pouco apareceu. Muitos toques de lado, sem arriscar.

7,5
Rodrigo Pimpão
Participou dos dois primeiros gols e foi fundamental na armação das jogadas do time.

6,5
Bill
Mais participativo do que nos jogos anteriores, saiu da área, pediu bola e conseguiu marcar um gol.

6,5
Fernandes
 Precisou de pouco tempo para marcar o gol em uma subida ao ataque. Deu combate e se apresentou bem à frente.

5,5
Sassá
Caiu pela esquerda na procura por uma jogada rápida.

5,0
Gegê
Um pouco mais centralizado, errou na tentativa de alguns lançamentos e perdeu bolas no meio.

7,0
Técnico: Renê Simões
A mobilidade do ataque, em especial de Rodrigo Pimpão, envolveu o fraco Bonsucesso e foi responsável pela goleada.

E MAIS
> Na reabertura do Estádio Nilton Santos, Botafogo goleia o Bonsucesso


BONSUCESSO, por Eduardo Mendes (eduardomendes@lancenet.com.br)

5,0
Preto
Sem culpa nos gols sofridos.

4,5
Ryan
Pouco apareceu no ataque.

3,5
Jadson
Mal posicionado, foi envolvido nos lances de ataque do rival.

3,5
Renan
Lento, mal no combate e na marcação da bola aérea.

3,5
Cristiano
Deixou muitos espaços às costas e se envolveu em confusão.

5,0
Marquinhos
Único volante do time com boa saída de bola.

4,0
Júnior
Furtou-se a marcar e, algumas vezes, foi ríspido.

5,0
Fernando
Tentou ajudar na armação, mas sem sucesso.

4,0
Matheus
Não organizou o time e pouco criou.

5,5
Lucas
Apostou em jogadas rápidas pelos lados e teve alguns lampejos.

4,0
Miguel
Pouco acionado pelo time.

4,5
Clodoaldo
Entrou para melhorar a marcação no meio.

4,0
Robertinho
Não conseguiu melhorar a parte criativa do time.

4,5
João
Correu, procurou o jogo, mas faltou qualidade no passe.

4,0
Técnico: Caio Couto
A equipe marcou muito mal, foi lenta na recomposição e pouco efetiva no ataque. A goleada sofrida foi inevitável.