icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2014
19:51

A Seleção Brasileira comandada por Dunga segue seu caminho de recuperar a imagem que ficou arranhada após o fracasso na Copa do Mundo de 2014. Alguns jogadores são os mesmos do time de Felipão, mas estão conseguindo dar a volta por cima. Porém, mais uma vez o destaque brasileiro foi Neymar. Na vitória por 4 a 0 sobre a Turquia, ele marcou dois gols e foi até aplaudido pelos turcos, que reconheceram o bom futebol do craque do Barcelona.

BRASIL, por Michel Castellar (michelcastellar@lancenet.com.br)

7,5
Diego Alves
Nas duas vezes em que a Turquia chegou para finalizar com chances de gol, o goleiro brasileiro fez as defesas.

7,5
Danilo
Esteve bem nas descidas ao ataque e fez o cruzamento que originou o gol contra marcado por Kaya.

7,0
Miranda
Conseguiu encontrar um bom posicionamento em campo, o que colaborou para a contenção das ofensivas turcas.

6,5
David Luiz
Errou em alguns lances por estar mal posicionado. Em compensação, quase marcou, de cabeça, um gol.

6,5
Filipe Luis
Iniciou bem a partida, com bons apoios ao setor ofensivo, mas o seu rendimento caiu durante o confronto.

8,0
Fernandinho
Se movimentou bem e foi o responsável pelo belo lançamento para Neymar, que deu origem ao primeiro gol da Seleção.

7,5
Luiz Gustavo
Por ficar preso à marcação, não apareceu tanto na partida. Mas foi eficiente nos desarmes e passes no meio-de-campo.

8,5
William
Ao lado de Neymar, foi o destaque do confronto. Foi eficiente nos passes, na marcação e no ataque.

7,0
Oscar
Na formação tática da Seleção, foi fundamental em campo mas pecou no momento de finalizar algumas jogadas.

8,5
Neymar
Fez belas jogadas e dois gols. Mostrou oportunismo e, ante a fragilidade técnica dos turcos, sua habilidade prevaleceu.

6,5
Luiz Adriano
Fez uma boa estréia na Seleção. Se movimentou no ataque e teve uma oportunidade para fazer o gol.

5,0
Roberto Firmino
Substituiu a Luiz Adriano e também fez a sua estréia pela Seleção. Mas não teve oportunidades ofensivas.

5,0
Philippe Coutinho
Entrou em campo nas três substituições simultâneas feitas por Dunga e foi prejudicado pelas descaraterização do time.

5,0
Casemiro
Como substituto de Fernandinho, não manteve o rendimento do companheiro. Faltou entrosamento.

5,0
Douglas Costa
Teve a tarefa de substituir a William, mas o pouco tempo e a queda de ritmo do jogo dificultaram uma boa atuação.


Fred
Entrou no lugar de Luiz Gustavo no fim da etapa final. Sem tempo para ser avaliado.

7,5
Técnico: Dunga
O técnico montou um time eficiente, que soube tocar a bola e se defender. Foi uma bela atuação do Brasil e o sistema tático funcionou. Só vale ressaltar que o nível técnico dos turcos foi bem inferior aos principais adversários da Seleção em nível mundial.

TURQUIA

Os turcos entraram em campo em uma formação tática 3-5-2 que logo se mostrou equivocada. A deficiência técnica dos jogadores privilegiava, principalmente, as jogadas em velocidade do Brasil. Nenhum jogador se destacou e com a defesa desarrumada e um ataque inoperante, a goleada foi inevitável.