icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/08/2015
00:32

Flamengo e Vasco fizeram mais uma vez um clássico longe das tradições das duas equipes. Muitas faltas, passes errados, lances até bizarros no Maracanã, nesta quarta-feira. Porém, um lance capital definiu a vitória vascaína por 1 a 0, e a vantagem de jogar por um empate no jogo de volta para se classificar às quartas de final da Copa do Brasil. Riascos deu ótimo passe para Jorge Henrique, que bateu bonito no ângulo de Cesar e definir o placar.

 Jorge Henrique e Nenê comemoram gol do Vasco (Foto: André Horta/Fotoarena/LANCE!Press)




FLAMENGO:

6,0
Cesar
Não teve culpa no gol e fez uma defesa espetacular em chute de Nenê, no primeiro tempo.

4,0
Pará
Mal na saída de jogo do Fla e não acompanhou JH no lance do gol.

4,0
Marcelo
Entrou para resolver a deficiência do time no jogo aéreo, mas os problemas continuam. Chegou atrasado no gol.

3,0
Wallace
Mal na saída de bola, no combate direto e no jogo aereo. Falhou na cobertura a Jorge no lance do gol. E foi expulso.

4,5
Jorge
Tomou canseira de Madson e não conseguiu armar com Everton na esquerda. Ainda assim, foi o que mais desarmou.

4,0
Márcio Araújo
Muito mal na saída, mal conseguiu fazer o time passar do meio de campo com a bola dominada.

4,5
Canteros
Marcado por Nenê, foi dominado no meio de campo, tomou cartão amarelo e não fez o time fluir.

4,5
Everton
Jogou aberto na esquerda, mas não armou nem acompanhou Madson como deveria. Quase fez de cabeça.

4,5
Ederson
Distante da armação de jogadas, não teve espaço para arrancadas. Foi travado por Serginho e Guiñazú.

5,0
Emerson
Acompanhou Christianno para ajudar na marcação, arriscou chutes sem perigo e ficou aquém do que vem jogando.

5,0
Guerrero
Perdeu gol na cara de Martin Silva e enroscou-se muito com Rodrigo e Salles. Deixou Everton na cara do gol.

5,0
Jajá
Substituiu Ederson, logo depois da expulsão de Wallace. Com a um a menos, só correu atrás da bola.

5,0
Samir
Entrou no lugar de Everton para recompor a defesa. Destacou-se no agarra-agarra dentro da área.

4,0
Técnico: Cristovão Borges
Foi dominado em todo o clássico. Não conseguiu sequer fazer o time sair jogando e escapou de goleada.






VASCO:

7,0
Martin Silva
Mostrou que a partida contra o Palmeiras foi um ponto fora da curva. Grande defesa na conclusão de Guerrero.

6,0
Madson
Boa opção da equipe ofensivamente, sempre levando algum perigo. Não comprometeu defensivamente.

6,5
Anderson Salles
Alguns pequenos vacilos, mas em linhas gerais não comprometeu. Atuou com seriedade.

6,5
Rodrigo
Jogador que gosta de partidas importantes e decisivas. Compensou a falta de qualidade técnica com disposição.

5,5
Christianno
Teve espaço para avançar pelo lado esquerdo, mas deixou a desejar. Na parte da marcação não comprometeu.

7,0
Guiñazú
Colocou a raça argentina em campo. Brigou pela bola do início ao fim. Muito bem na proteção aos zagueiros.

6,5
Serginho
Fez uma praticamente sem erros na parte defensiva. Ainda atacou e quase fez um gol de cabeça no primeiro tempo.

6,5
Julio dos Santos
Errou alguns passes, mas fez um grande lançamento para Riascos no lance que originou o gol da vitória.

7,0
Nenê
Teve uma grande oportunidade no primeiro tempo, mas novamente mostrou que será útil na sequência do ano.

8,0
Jorge Henrique
O melhor da equipe. Bem tecnicamente e taticamente, ajudando Christianno na marcação. Foi coroado com o gol.

7,0
Riascos
Não parou um instante. Teve calma na hora de rolar a bola para Jorge Henrique fazer o gol da vitória.

5,0
Dagoberto
Entrou aos 35 minutos do segundo tempo, deu alguns passes e ainda conseguiu levar um cartão amarelo.

5,0
Thalles
Substituiu Riascos aos 41 minutos do segundo tempo e mesmo assim levou cartão amarelo.


Jhon Cley
Foi para campo aos 43 minutos do segundo tempo. Também sem tempo para nada.

7,0
Técnico: Jorginho
Foi apenas o seu primeiro jogo, mas o time já mostrou outra cara. O Vasco foi superior em boa parte do clássico.

Flamengo e Vasco fizeram mais uma vez um clássico longe das tradições das duas equipes. Muitas faltas, passes errados, lances até bizarros no Maracanã, nesta quarta-feira. Porém, um lance capital definiu a vitória vascaína por 1 a 0, e a vantagem de jogar por um empate no jogo de volta para se classificar às quartas de final da Copa do Brasil. Riascos deu ótimo passe para Jorge Henrique, que bateu bonito no ângulo de Cesar e definir o placar.

 Jorge Henrique e Nenê comemoram gol do Vasco (Foto: André Horta/Fotoarena/LANCE!Press)




FLAMENGO:

6,0
Cesar
Não teve culpa no gol e fez uma defesa espetacular em chute de Nenê, no primeiro tempo.

4,0
Pará
Mal na saída de jogo do Fla e não acompanhou JH no lance do gol.

4,0
Marcelo
Entrou para resolver a deficiência do time no jogo aéreo, mas os problemas continuam. Chegou atrasado no gol.

3,0
Wallace
Mal na saída de bola, no combate direto e no jogo aereo. Falhou na cobertura a Jorge no lance do gol. E foi expulso.

4,5
Jorge
Tomou canseira de Madson e não conseguiu armar com Everton na esquerda. Ainda assim, foi o que mais desarmou.

4,0
Márcio Araújo
Muito mal na saída, mal conseguiu fazer o time passar do meio de campo com a bola dominada.

4,5
Canteros
Marcado por Nenê, foi dominado no meio de campo, tomou cartão amarelo e não fez o time fluir.

4,5
Everton
Jogou aberto na esquerda, mas não armou nem acompanhou Madson como deveria. Quase fez de cabeça.

4,5
Ederson
Distante da armação de jogadas, não teve espaço para arrancadas. Foi travado por Serginho e Guiñazú.

5,0
Emerson
Acompanhou Christianno para ajudar na marcação, arriscou chutes sem perigo e ficou aquém do que vem jogando.

5,0
Guerrero
Perdeu gol na cara de Martin Silva e enroscou-se muito com Rodrigo e Salles. Deixou Everton na cara do gol.

5,0
Jajá
Substituiu Ederson, logo depois da expulsão de Wallace. Com a um a menos, só correu atrás da bola.

5,0
Samir
Entrou no lugar de Everton para recompor a defesa. Destacou-se no agarra-agarra dentro da área.

4,0
Técnico: Cristovão Borges
Foi dominado em todo o clássico. Não conseguiu sequer fazer o time sair jogando e escapou de goleada.






VASCO:

7,0
Martin Silva
Mostrou que a partida contra o Palmeiras foi um ponto fora da curva. Grande defesa na conclusão de Guerrero.

6,0
Madson
Boa opção da equipe ofensivamente, sempre levando algum perigo. Não comprometeu defensivamente.

6,5
Anderson Salles
Alguns pequenos vacilos, mas em linhas gerais não comprometeu. Atuou com seriedade.

6,5
Rodrigo
Jogador que gosta de partidas importantes e decisivas. Compensou a falta de qualidade técnica com disposição.

5,5
Christianno
Teve espaço para avançar pelo lado esquerdo, mas deixou a desejar. Na parte da marcação não comprometeu.

7,0
Guiñazú
Colocou a raça argentina em campo. Brigou pela bola do início ao fim. Muito bem na proteção aos zagueiros.

6,5
Serginho
Fez uma praticamente sem erros na parte defensiva. Ainda atacou e quase fez um gol de cabeça no primeiro tempo.

6,5
Julio dos Santos
Errou alguns passes, mas fez um grande lançamento para Riascos no lance que originou o gol da vitória.

7,0
Nenê
Teve uma grande oportunidade no primeiro tempo, mas novamente mostrou que será útil na sequência do ano.

8,0
Jorge Henrique
O melhor da equipe. Bem tecnicamente e taticamente, ajudando Christianno na marcação. Foi coroado com o gol.

7,0
Riascos
Não parou um instante. Teve calma na hora de rolar a bola para Jorge Henrique fazer o gol da vitória.

5,0
Dagoberto
Entrou aos 35 minutos do segundo tempo, deu alguns passes e ainda conseguiu levar um cartão amarelo.

5,0
Thalles
Substituiu Riascos aos 41 minutos do segundo tempo e mesmo assim levou cartão amarelo.


Jhon Cley
Foi para campo aos 43 minutos do segundo tempo. Também sem tempo para nada.

7,0
Técnico: Jorginho
Foi apenas o seu primeiro jogo, mas o time já mostrou outra cara. O Vasco foi superior em boa parte do clássico.