icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2014
00:29

O São Paulo sofreu, mas conseguiu se classificar para as semifinais da Copa Sul-Americana. Nesta quarta-feira, o Tricolor visitou o Emelec e perdeu por 3 a 2, mas, por ter vencido o jogo de ida por 4 a 2, avançou. Durante o jogo, o time paulista contou com boas atuações do ídolo Rogério Ceni, do centroavante Alan Kardec e de um trio de meio-campistas, mas viu a atuação de Alvaro Pereira quase colocar tudo a perder. Veja, a seguir, a análise feita pelo LANCE!Net:

SÃO PAULO, por Fellipe Lucena (fellipelucena@lancenet.com.br)

6,5
Rogério Ceni
Soube esfriar o jogo com sua experiência e por pouco não pegou o primeiro pênalti. Duas intervenções importantes.

4,0
Hudson
Inseguro, perdeu a dividida que deu origem ao gol-relâmpago do rival e falhou muito na marcação.

5,0
Paulo Miranda
Teve participação importante no primeiro gol ao escorar de cabeça para Kardec. Em sua função, foi mal. Pênalti infantil.

5,5
Edson Silva
Ficou vendido no lance do primeiro gol, muito atrás de Bolaños na corrida. Depois se estabilizou e não atrapalhou.

3,5
Alvaro Pereira
Perdido desde o primeiro segundo. Horrível na marcação, errou no primeiro gol e fez o pênalti do terceiro. Substituído.

6,5
Denilson
Capitão, chegou a ser o jogador mais lúcido do time quando o Emelec dominava no primeiro tempo. Marcou e saiu bem.

6,0
Souza
Atrapalhado na saída de bola e instável na marcação, foi importante quando subiu ao ataque. Bem no segundo gol.

6,0
Michel Bastos
Não manteve o nível das atuações anteriores, mas participou das jogadas dos dois gols. Virou lateral e segurou bem.

6,5
Kaká
Importantíssimo. Comandou o time nos únicos momentos de superioridade. Brilhante na assistência a Ganso. Cansou.

6,5
Ganso
Entrou na área, como Muricy pede, para marcar um gol decisivo. Menos brilhante e pouco participativo dessa vez.

6,5
Alan Kardec
Na chance que teve, não perdoou. Ficou boa parte do jogo isolado na frente, sem a bola.

5,0
Ademilson
Entrou para segurar a bola no campo de ataque, aberto pela direita, mas pouco foi notado.

5,0
Osvaldo
Substituiu o esgotado Kaká e, em sua melhor jogada, isolou. Ainda desperdiçou contra-ataques.

5,0
Lucão
Entrou no fim para aumentar o ferrolho.

6,0
Muricy Ramalho
Escalou o que tinha de melhor e, a todo tempo, tentava orientar o time a acalmar o jogo. Poderia tirar Alvaro antes.

EMELEC, por Bruno Grossi (brunogrossi@lancenet.com.br)

6,0
Dreer
Apesar de ser atrapalhado, não teve culpa em nenhum dos gols.

5,5
Narvaez
Marcador incansável, mas de qualidade técnica duvidosa.

4,5
Achilier
Chegou atrasado e levou giro de Kaká no gol da virada tricolor.

6,0
J. Quiñonez
Bem mais seguro do que o companheiro de zaga.

4,0
Bagüi
Foi engolido por Michel Bastos quando o meia mudou para a direita.

4,5
P. Quiñonez
Levou amarelo e foi sacado ainda no intervalo.

6,0
Lastra
Firme na marcação, deu solidez ao meio de campo equatoriano.

8,0
Bolaños
Veloz e oportunista, infernizou a zaga tricolor e deixou três.

5,0
Gímenez
Mais preocupado em bater do que jogar. Melhorou no 2 tempo.

6,5
Mena
Jogador muito lúcido e interessante. Comandou o meio de campo.

5,0
Herrera
Fez bem o papel de prender os zagueiros, mas saiu cedo.

5,5
Gaibor
Ajudou Mena a criar as jogadas, mas sem a mesma qualidade.

6,0
Mondaini
Entrou com vontade e complicou a vida de Hudson.


Charcopa
Pouco tempo em campo.

6,5
Gustavo Quintero
Fez duas ótimas mudanças no intervalo e armou uma pressão impressionante.