icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2014
19:50

Neste domingo, mesmo sem ter mais ambições nesta edição do Campeonato Brasileiro, o Santos venceu o Botafogo por 2 a 0, na Vila Belmiro, pela 37ª rodada da competição, e decretou o rebaixamento do time carioca. Os dois gols da partida foram marcados por Leandro Damião, eleito o melhor jogador em campo. Jefferson, por sua vez, foi o único a "se salvar" do Botafogo. Veja, a seguir, a análise feita pelo LANCE!Net:

SANTOS, por Diogo Sautchuk (diogosautchuk@lancenet.com.br)

6,0
Aranha
Mal trabalhou durante todo o jogo. Quando a bola chegou de longe e por cima, foi seguro.

7,0
Daniel Guedes
Primeira partida no profissional, mostrou personalidade na hora de atacar e defender. Deu assistência.

6,5
Edu Dracena
Anulou o ataque botafoguense pelo lado direito. Ganhou todas de Yuri Mamute e Bruno Correa.

6,5
David Braz
Bem posicionado pelo lado esquerdo, cobriu bem as descidas de Caju. Perdeu gol incrível.

7,0
Caju
Fez uma boa partida, e teve participação no gol de Damião. Atrás não deixou espaços.

6,5
Alison
Como primeiro volante, saiu pouco ao ataque, mas fez o seu papel na hora de marcar.

6,0
Renato
Mais apagado no meio-campo, foi como Alison, marcou bastante e saiu pouco com a bola dominada.

6,0
Lucas Lima
Apareceu para o jogo, se mexeu bastante, mas esbarrou na forte marcação botafoguense.

5,0
Robinho
Errando passes e nada intenso no ataque, quando teve a chance, perdeu gol cara a cara.

5,5
Thiago Ribeiro
Apareceu pouquíssimo pelo lado esquerdo na primeira etapa. No segundo tempo, melhorou.

6,5
Gabriel
Se movimentou, criou espaços, deu gol para David Braz e acertou a trave de Jefferson em cabeçada.

8,0
Leandro Damião
Entrou no segundo tempo no lugar de Robinho e resolveu a partida com dois gols.

5,5
Diego Cardoso
Caindo pela esquerda, assustou uma vez Jefferson no contra-ataque. Foi regular.

5,0
Serginho
Entrou no fim da partida para segurar mais a bola, mas pouco participou do jogo.

6,5
Enderson Moreira
Acertou ao tirar Robinho ainda no intervalo e colocar Leandro Damião, que resolveu a partida.

BOTAFOGO, por Diogo Sautchuk (diogosautchuk@lancenet.com.br)

6,0
Jefferson
Melhor do Botafogo, impediu três gols do Santos. Nos tentos de Damião, não teve culpa.

4,5
Régis
Não sendo tão agredido por Thiago Ribeiro e Caju, errou muitos passes na saída de bola e não atacou.

5,0
Dankler
O mais focado na zaga alvinegra, fez cortes providenciais, mas falhou no lance do gol de Damião.

4,5
André Bahia
Se perdeu na marcação de Gabigol. Não cobriu os vacilos de Junior Cesar pela esquerda.

4,5
Junior Cesar
Foi mal na parte tática e técnica. Deixou buracos e não conseguiu ganhar uma de Daniel Guedes.

5,0
Airton
Se preocupou bastante em marcar. Quando teve a bola nos pés, errou alguns passes. Atrás foi regular.

4,5
Andreazzi
Volante estava muito perdido. Saiu pouco para o jogo. Apareceu mais na hora de brigar com Dankler.

5,5
Gabriel
Foi o único que tentou alguma coisa na frente. Por vezes se tornou armador com velocidade e técnica.

4,0
Ronny
O criador de jogadas na partida, se escondeu do duelo. Apático, não somou nada para o Fogão.

4,0
Bruno Correa
Pior botafoguense, perdeu todas para a zaga santista. Não voltou para o segundo tempo.

5,0
Yuri Mamute
Se esforçou para criar espaços, porém não recebeu nenhuma ajuda dos seus companheiros.

4,5
Maikon
Fez mais que o seu companheiro Bruno Correa, mas foi pouco. Implantou pouca intensidade.

5,0
Murilo
Se movimentou no meio com velocidade, mas pouca inteligência. Sofreu com a ótima marcação.

4,5
Gegê
Errou muitos passes e entrou sem concentração alguma. Não acrescentou em nada ao time.

5,0
Vagner Mancini
Tentou fazer um milagre com o time que tinha nas mãos, mas novamente saiu derrotado.