icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
23/02/2015
15:25

No último sábado, o América derrotou, por 3 a 2, o Queimados em jogo-treino. O resultado significou o sétimo triunfo do América em nove jogos não-oficiais. Após entrar em campo com a equipe reserva e ir para o intervalo perdendo por 2 a 1, o técnico Arturzinho colocou a equipe titular em campo, e o placar acabou favorável para sua equipe.

Os 45 minutos da etapa final, com a equipe que provavelmente estará em campo na estreia do clube na Série B do Carioca, dia 7 de março, agradaram ao técnico. Arturzinho explicou que a opção por atuar com duas equipes foi por precaução. O técnico nã quer correr o risco de perder jogadores por lesão.

- - Eu gostei. Nós optamos em começar com a equipe suplente, que até determinado momento foi bem, mas depois se perdeu. Guardamos o time que provavelmente vai começar a competição para a segunda etapa. Esta equipe foi bem, mostrou um controle do jogo muito bom e virou o placar com merecimento. É óbvio que se jogássemos com o mesmo time por 90 minutos seria o ideal, mas temos que ser criteriosos e ir com calma, pois precisamos de todos os atletas aptos - relatou.

Apesar de ter conquistado a sétima vitória em nove amistosos, Arturzinho ressaltou que o importante são os triunfos nos jogos oficiais. Com bom humor, o treinador americano ressaltou a importância dos jogos-treino, mas disse que só terá tranquilidade quando os resultados favoráveis aparecerem na Série B do Estadual.

- Não me dá tranquilidade vencer jogos-treino. Eu sou um cara preocupado ao extremo, detalhista e perfeccionista. A única coisa que me dará tranquilidade é quando começar a competição e nós tivermos resultados positivos. Jogar bem nos amistosos não me satisfaz. O que eu quero é, quando estiver valendo três pontos, que nós tenhamos resultados favoráveis e convincentes, jogando um futebol de qualidade. Mas a gente sabe que fazem parte da preparação esses amistosos e vamos continuar fazendo - concluiu.